Filippo Ganna é bi-Campeão Mundial de Contrarrelógio!

O italiano Filippo Ganna é de novo o Campeão Mundial de Contrarrelógio, revalidando o título conquistado em 2020, com o tempo de 47:47, ao fim de 43.3km de corrida, com um média de 54.3km/h, batendo os belgas Wout van Aert por 6s e Remco Evenepoel por 44s.

Filippo Ganna no contrarrelógio individual.

Começaram hoje os Campeonatos do Mundo de Estrada, com o contrarrelógio individual para os Elites Masculinos e um duelo que prometia com Wout van Aert, Filippo Ganna e Stefan Kung no frente a frente! O primeiro tempo de referência foi do italiano Matteo Sobrero, com a marca de 50:53 que rapidamente foi batida. O britânico Daniel Bigham colocava o tempo de 49:58, mas rapidamente chegava o alemão Max Walschied em 49:41 para se colocar na primeira posição.

Os especialistas começavam a chegar e era o suíço Stefan Bissegger a subir à primeira posição com o tempo de 49:13, mas atrás de si chegava um super Remco Evenepoel, que com o tempo de 48:31 subida à primeira posição. O jovem belga passou bastante tempo na cadeira quente, mas precisaríamos de chegar ao final para que ele fosse batido. O britânico Ethan Hayter era uma das grandes surpresas do dia, ao concluir em 49:14 e a colocar-se na terceira posição provisória, sendo 22s mais rápido que o italiano Edoardo Affini!

Wout van Aert deixou tudo na estrada neste contrarrelógio individual.

O alemão Tony Martin, que já anunciou a sua retirada, fez também ele uma grande prova, deixou tudo o que tinha e o que não tinha na estrada, e concluiu em 49:05, um tempo que lhe daria a sexta posição final, na sua despedida das grandes provas individuais. Entre os últimos ciclistas a partirem, o francês Remi Cavagna era a maior desilusão e fechava apenas em 49:46, bastante longe das primeiras posições. O dinamarquês Kasper Asgreen andou quase sempre taco a taco com Evenepoel, mas não seria capaz de bater o colega de equipa, gastando apenas mais 2s, para fechar em 48:33.

Tony Martin foi sexto num grandíssimo contrarrelógio!

Esperava-se um grande duelo entre os três últimos, mas o Suíço Stefan Kung vinha já em perda para Van Aert e para Ganna, e no segundo parcial intermédio era já apenas quinto, a 45s do duo, que passava no mesmo ponto separados por apenas 0.8s. Kung fecharia na quinta posição final, em 48:54, mas a emoção estava reservada para o fim. Wout van Aert terminava em 47:53:2 e colocava-se na primeira posição. Os belgas ansiavam a chegada de Ganna e queriam ganhar o arco-íris em casa, mas o italiano fez uma prova em crescendo e voou na última parte do percurso, para ganhar 6s ao belga e fechar em 47:47:8 para se sagrar Campeão do Mundo de Contrarrelógio pelo 2º ano consecutivo!

Nelson Oliveira foi 13º, a apenas 2s do top10!

A dupla portuguesa fez uma prova ao nível das expectativas, com Nelson Oliveira a ser 13º em 49:42, a apenas 2.4s do top10, e Rafael Reis a ser 30º, com a marca de 51:22, a 3:35 do vencedor.

Os metros finais

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock