Fábio Costa campeão nacional de fundo sub-23 com domínio da Kelly – InOutBuild – UD Oliveirense!

Fábio Costa é o novo campeão nacional em sub-23 masculinos, após vencer em Paredes, batendo ao sprint Pedro Miguel Lopes, e José Sousa, que chegou um pouco mais atrás a 10 segundos, colocando assim a Kelly – InOutBuild – UD Oliveirense em todos os lugares de pódio!

Prova de fundo para os sub-23 masculinos, um percurso com 137.4km e mais de 2800m de desnível positivo acumulado. A tirada começou como sempre com muitos ataques, com vários ciclistas a tentarem isolar-se, mas o pelotão sempre a responder e a fechar espaços. Ao km20, ainda ninguém se tinha conseguido destacar.

Os ataques prosseguiram, e ao km39 um grupo de 7 ciclistas tentou escapar com Fábio Costa, José Sousa e Pedro Miguel Lopes (Kelly/InOutBuild/UDO), Miguel Salgueiro (LA Alumínios-LA Sport), António Eulálio (Feirense), Pedro Silva (Rádio Popular-Boavista) e Diogo Narciso (Sicasal/Miticar/CM Torres Vedras) a ganharem alguma vantagem aos restantes.

Eis que 6km depois um super ataque da Kelly, com os três ciclistas da sua equipa a isolarem-se na frente, enquanto Miguel Salgueiro tentava perseguir e os restantes tinham sido já absorvidos pelo pelotão. A vantagem do trio aumentou cada vez mais até Miguel Salgueiro perceber que era apenas gastar esforços ao perseguir o trio em solitário e descaiu também para o pelotão.

Ao km60, o pelotão seguia já a 2:15, e 10km depois a vantagem chegou aos 3 minutos onde estabilizou. O Feirense e a LA tentaram perseguir, e a vantagem caiu para baixo dos 2 minutos, com 35km pela frente, mas pouco depois voltou logo a subir com a perda de alguns elementos que trabalhavam.

A vantagem voltou a reduzir para 1:35 com 23km para o fim, mas uma vez mais a falta de harmonia, assim como os cortes nos relevos que outros ciclistas da Kelly provocavam, fez a vantagem voltar a subir para os 2 minutos com 14km pela frente e a última volta ao circuito.

A Kelly tinha a vitória e os restantes lugares de pódio no bolso, e a luta pela vitória foi entre Fábio Costa e Pedro Miguel Lopes, com Fábio a vencer o seu colega de equipa, enquanto José Sousa fechou tranquilamente na terceira posição.

Na luta pelo quarto lugar, Pedro Silva foi o mais forte, batendo Pedro Andrade (Hagens Berman – Axeon) e João Macedo (LA Alumínios). O domínio da Kelly foi tal, que ainda conseguiram colocar mais dois ciclistas no top10 final. Lembrar que a equipa venceu também ontem a prova de contrarrelógio na mesma categoria por Guilherme Mota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock