Etapa e geral para o campeão francês!

O campeão francês Arnaud Démare levou de vencida a última etapa do 34º Tour Poitou-Charentes en Nouvelle Aquitaine e, dessa forma, vence também a classificação geral da competição. No sprint da última etapa, Démare bateu Ivan Cortina García (Bahrain-McLaren), e Alexander Krieger (Alpecin-Fenix).

A última etapa da prova por etapas francesa decorreu entre Thénezay e Poitiers, numa distância de 164.6 km. Apesar das dificuldades da jornada, com quatro contagens de montanha e diversas outras curtas subidas não categorizadas, esperava-se que a Groupama-FDJ controlasse a corrida de forma apertada, na tentativa de levar Démare à vitória. Com as bonificações à chegada, o francês tinha todas as condições para recuperar o segundo de diferença que tinha para Josef Cerny (CCC Team), primeiro classificado após o contrarrelógio da véspera. Além disso, os sprints intermédios da jornada ofereciam segundos de bonificação. Démare passou em primeiro logo no primeiro sprint, o que colocava o campeão francês desde logo na liderança virtual da corrida.

Após esse primeiro sprint intermédio, formou-se a fuga do dia, com o ataque de cinco homens: Jérémy Leveau (Natura4Ever-Roubaix-Lille Métropole), Harry Tanfield (AG2R La Mondiale), Iljo Keisse (Deceuninck-Quick Step), Damien Gaudin (Total Direct Energie), e Guillaum van Keirsbulck (CCC Team). O grupo conseguiu uma vantagem de cinco minutos, enquanto Groupama e Bahrain mantinham os acontecimentos sob controlo.

A 20 km do fim, com a diferença cifrada em 50 segundos, Keisse disse “basta!” e isolou-se dos seus companheiros de fuga. O belga, que tão bem sabe surpreender o pelotão e frustrar sprints massivos, agarrou-se com unhas e dentes à sua vantagem, pedalando sozinho em direção à meta. Contudo, este não seria o dia de Keisse. No último km, o pelotão apanhou mesmo o fugitivo, e o palco estava montado para uma chegada ao sprint e para a coroação anunciada de Démare.

Tal como nas duas primeiras etapas do Tour Poitou-Charentes, o campeão francês mostrou que é o corredor mais forte, triunfando sobre a concorrência tanto na etapa como na classificação geral, onde termina com 12 segundos de vantagem para Cerny e 32 para Joey Rosskopf, também da CCC Team. Démare leva para casa ainda a classificação por pontos da prova, enquanto a classificação dos trepadores fica para Harm Vanhoucke (Lotto Soudal) e a da juventude para Thibault Guernalec (Team Arkéa Samsic). A classificação por equipas teve como vencedora a equipa polaca da CCC Team.

O único português em prova, José Gonçalves, da Nippo Delko One Provence, terminou na 71ª posição, a 43 segundos de Démare. Na geral, o ciclista luso fecha na 96ª posição, a 13:15 do vencedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock