Edward Dunbar é o grande vencedor da Coppi e Bartali! Dobradinha da Quick – Step na última etapa!

O checo Josef Cerny (Quick-Step Alpha Vinyl Team) venceu a última etapa da Coppi e Bartali, uma ligação de 160.2km entre Casalguidi e Cantagrillo, após cruzar lado a lado a linha de meta com o francês Remi Cavagna (Quick-Step Alpha Vinyl Team). O israelita Omer Goldstein (Israel – Premier Tech) foi terceiro a 14s.

A última etapa da Settimana Internazionale Coppi e Bartali começou com diversas tentativas de ataque com Cerny, Cavagna, Goldstein, Giovanni Carboni (Italy National Team), Frederik Wandahl (Bora – Hansgrohe), Fabio Van den Bossche (Alpecin – Fenix), Johan Meens e Tom Paquot (Bingoal Pauwels Sauces WB), David Martin (EOLO – Kometa Cycling Team), Julius Van den Berg (EF Education – EasyPost) e Jacopo Cortese (MG. K Vis – Color for PEACE – VPM) a formarem a fuga do dia. A fuga conseguiu uma vantagem superior a 8:00 sobre o pelotão.

A 80km do fim, a vantagem da fuga sobre o pelotão continuava nos 8:00. 5km depois, na subida do San Baronto, Cerny acelerou e levou consigo Cavagna e Goldstein. Os três da frente estavam a conseguir aumentar a vantagem que tinham sobre os perseguidores. A 58km do fim, os três da frente continuavam a ter uma vantagem superior a 8:00 sobre o pelotão e Goldstein era o virtual líder da geral porque estava a 6:58 do líder da geral, Edward Dunbar (Ineos Grenadiers) e a Ineos foi obrigada a aumentar o ritmo.

A 20km da meta, mesmo no início da subida do Mungherino, Van den Berg alcançou os três da frente, mas logo a seguir Cerny atacou e seguiu isolado na frente. No topo, Cerny tinha 30s de vantagem sobre Cavagna e Goldstein, que conseguiram largar van den Berg na subida. Cerny tinha 30s de vantagem sobre os dois perseguidores e 7:00 sobre o pelotão que vinha com um ritmo elevado e por isso, Goldstein podia esquecer a vitória da geral.

Na descida do Mungherino, Cavagna largou Goldstein e alcançou o seu companheiro de equipa. Cerny e Cavagna cruzaram a linha da meta juntos, com Cerny a vencer a última etapa da Coppi e Bartali. Goldstein foi terceiro a 14s. O pelotão chegou a 4:23.

O português Daniel Viegas (EOLO – Kometa Cycling Team) foi 71º a 13:33 e na geral foi 90º a 1:17:38.

Edward Dunbar é assim o grande vencedor da Coppi e Bartali, batendo por 9s Ben Tulett (Ineos Grenadiers) e por 24s Marc Hirschi (UAE Team Emirates). Tulett foi o grande vencedor da juventude. Ethan Hayter (Ineos Grenadiers) foi o grande vencedor da classificação por pontos e Andrea Garosio (Biesse – Carrera) foi o grande vencedor da classificação da montanha.

O Pódio final

Pódio final com Ben Tulett – Edward Dunbar – Marc Hirschi (da esquerda para a direita)

Resultados Completos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock