E vão 30 para Marianne Vos no Giro d’Itália Donne!

A veterana holandesa Marianne Vos (Jumbo – Visma Women) conquistou hoje a sétima etapa do Giro d’Itália Donne, uma ligação de 109.6km entre Soprazocco di Gavardo e Puegnago del Garda, naquele que foi o seu 30º triunfo na história da competição, uma marca que cada vez mais a coloca como a melhor ciclista de todos os tempos! Com uma espetacular arrancada, Vos triunfou perante a Campeã Italiana, Elisa Longo Borghini (Trek – Segafredo) e a Campeã Mundial, Anna van der Breggen (Team SD Worx), fechando todas dentro do mesmo tempo.

A jornada de hoje começou de forma um pouco diferente das anteriores, com o pelotão a permitir que uma escapada com duas ciclistas se formasse logo nos kms iniciais. Matilde Vitillo (BePink) e Riejanne Markus (Jumbo – Visma Women) ganharam rapidamente cerca de 1:30 ao pelotão, mas havia equipas que não tinham interesse nesta escapada e o duo acabou por ser alcançado ainda durante a primeira de cinco voltas completas ao circuito final, com 65km por percorrer.

No início da segunda volta ao circuito, foi  Lucinda Brand (Trek – Segafredo) a atacar e a isolar-se na dianteira da corrida, ganhando 1:30 de vantagem para o pelotão, que lhe permitiu pontuar sucessivamente na contagem de montanha inserida na meta e assim dar um salto importante para a liderança da classificação da montanha. A 30km da meta, Eugénie Duval (FDJ Nouvelle – Aquitaine Futuroscope), Sofia Bertizzolo (Liv Racing), Coryn Rivera (Team DSM), Alexis Ryan (Canyon // SRAM Racing) e Leah Thomas (Movistar) escaparam do pelotão e 5km depois chegavam a Brand, mas a SD Worx tomou o controlo do pelotão e pouco depois rolava já compacto em direção à última volta ao circuito final, com a equipa holandesa ao comando.

Marta Bastianelli (Alé BTC Ljubljana) tentou atacar e afastar-se do pelotão à entrada dos 10km finais, mas a veterana italiana não teve sucesso, e foi alcançada pouco depois, com 6km por percorrer. Vários ataques foram sucedendo, todos infrutíferos, até que a 1.3km da chegada foi a vez de Tiffany Cromwell (Canyon // SRAM Racing) efetuar a mexida decisiva. O ataque acabou com Ruth Winder (Trek – Segafredo), que comandava o pelotão, e foi Elisa Longo Borghini que teve de fechar o espaço. A aceleração da Campeã Italiana foi tão forte, que passou direta pela australiana rumo a tentar vencer a etapa, mas na sua roda estava a líder da classificação por pontos, Marianne Vos! A holandesa aguentou até aos 120m finais, onde imprimiu uma monumental arrancada que lhe deu um histórico 30º triunfo em etapas do Giro d’Itália Donne! Borghini não teve outro remédio senão que contentar-se com a segunda posição, enquanto a líder da classificação geral, Anna van der Breggen, ainda conseguiria fazer a ponte para o duo, fechando no terceiro lugar.

Com este resultado, van der Breggen é agora um pouco mais líder na classificação geral, enquanto Marianne Vos praticamente assegura a vitória na classificação por pontos. Lucinda Brand é a nova líder da montanha, e Niamh Fisher-Black (Team SD Worx) segue líder da juventude.

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock