Domínio viking a encerrar Semana de Coppi e Bartali!

O dinamarquês Mikkel Frolich Honoré, da Deceuninck-Quick Step, venceu a 5ª e última etapa da 36ª edição da Settimana Internazionale di Coppi e Bartali, batendo num sprint a dois o compatriota, Jonas Vingegaard, da Team-Jumbo-Visma! Com este desfecho, Vingegaard garante a vitória na classificação geral da prova italiana, com Honoré a terminar no 2º posto!

A competição de homenagem a Fausto Coppi e Gino Bartali terminou hoje, na cidade de Forlì, numa jornada de 166 km, com saída e chegada na Piazza Aurelio Saffi. Perante os ciclistas, perfilava-se um circuito com 7 voltas e 7 subidas a Rocca delle Caminate, uma ascensão com 3.6 km a 6.4 %. Os 15 km finais seriam, contudo, em descida e em plano, até à meta colocada no centro de Forlì.

5ª e última etapa da Settimana Internazionale di Coppi e Bartali

No início da tirada, formou-se a fuga do dia, constituída por: Mikkel Frolich Honorè (Deceuninck-QuickStep), Ben Swift (Ineos Grenadiers), Alessandro De Marchi (Israel Start-Up Nation), Matteo Jorgensen (Movistar Team), Giovanni Carboni (Bardiani-CSF Faizanè), Alejandro Osorio (Caja Rural Seguros), e Alessandro Fancellu (Eolo Kometa).

Na 3ª passagem pela subida a Rocca delle Caminate, os fugitivos levavam um avanço de 3 minutos sobre o pelotão, controlado pela Jumbo-Visma. A presença de Honorè na fuga obrigava a cuidados redobrados no grupo principal, uma vez que o dinamarquês estava apenas a 26s de Vingegaard na geral.

Na penúltima volta ao circuito, com a fuga reduzida a apenas 3 elementos (Honorè, Swift, e De Marchi), o pelotão rodava a cerca de 1 minuto dos homens da frente, com a Jumbo-Visma ainda e sempre a trabalhar para proteger a liderança de Vingegaard.

Team Jumbo-Visma a controlar o pelotão no último dia da Settimana Internazionale di Coppi e Bartali

Antes da última subida do dia, a fuga foi definitivamente eliminada, e teríamos pelotão compacto a abordar a última ascensão a Rocca delle Caminate. Nessa última dificuldade, um grupo de 16 corredores, incluindo o líder da CG, acabou por se conseguir distanciar do restante pelotão.

Nos últimos 10 km, os dois dinamarqueses, Vingegaard da Jumbo e Honorè da Deceuninck, forçaram o andamento, conseguindo uma margem de 10s sobre os perseguidores, que acabaria por crescer para os 30s, com 2 km para a meta! Estava garantida a vitória na geral para Jonas Vingegaard, que tinha ainda a hipótese de bater o seu compatriota ao sprint, garantindo a 3ª vitória em etapas nesta competição.

No entanto, no sprint final, o mais forte acabou por ser o homem da Deceuninck-Quick Step, conquistando mais uma vitória para a equipa belga nesta temporada, a primeira nesta competição. Honoré vingava, assim, os segundos lugares de Mark Cavendish e de Shane Archbold na etapa 1a e na etapa 3, respetivamente.

Volvidos 19s, chegava o grupo perseguidores, com a Deceuninck a mostrar que não estava para brincadeiras nesta jornada. No sprint para o 3º lugar, Shane Archbold bateu o vencedor da 3ª etapa, Ethan Hayter, da Ineos.

Vingegaard não conseguiu vencer a última etapa da Settimana Internazionale de Coppi e Bartali, mas fecha a sua brilhante participação nesta prova com vitórias na geral e na classificação dos pontos, além de duas etapas conquistadas. O jovem dinamarquês sucede assim a Jhonatan Narváez, na lista de vencedores da emblemática competição italiana.

Quanto a Honoré, com a vitória na etapa, acaba por ascender ao 2º posto da CG, terminando a prova a 22s de Vingegaard.

A 3ª posição ficou para Nick Schultz, que fecha a competição a 32s de Vingegaard. O australiano da Team BikeExchange teve uma semana de boas performances, mas que acaba por ser algo ingrata, ficando marcada pelo número 3: três terceiros lugares em etapas, terceiro nos pontos, e terceiro na geral.

Quanto às restantes classificações, o colombiano Alejandro Osorio, da Caja Rural-Seguros RGA, leva a montanha, enquanto a Ineos Grenadiers fica com a classificação coletiva e com a classificação da juventude, através de Ethan Hayter, ele que terminou na 4ª posição da CG final.

Jonas Vingegaard, vencedor da 36ª edição da Settimana Internazionale di Coppi e Bartali

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Jakobsen volta a vencer na consagração de Simmons na conquista da Wallonie!

Fabio Jakobsen (Deceuninck-QuickStep) garantiu a sua segunda vitória da semana no último dia do Tour de Wallonie, que terminou num sprint em Quaregnon. O holandês sprintou para a vitória à frente de Matteo Fabbro (Bora-Hansgrohe) e Milan Menten (Bingoal Pauwels Sauces WB). Quinn Simmons (Trek-Segafredo) terminou no pelotão e venceu a classificação geral na corrida […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock