Dorian Godon vence segunda etapa e ascende à liderança do Tour du Limousin!

O francês Dorian Godon (AG2R Citroen Team) venceu a segunda etapa do Tour du Limousin, uma ligação de 172km entre Agonac e Payzac, batendo ao sprint, num grupo reduzido entre seis corredores, os compatriotas Warren Barguil (Arkea – Samsic) e Franck Bonnamour (B&B Hotels p/b KTM) e é o novo líder da corrida!

A segunda etapa do Tour de Limousin começou bastante animada, com várias tentativas de ataque a surgirem, algumas sem sucesso, e só após alguns kms surgiu a fuga do dia com Daniel Savini (Bardiani – CSF – Faizanè), Unai Iribar (Euskaltel – Euskadi), Miguel Flórez (Arkéa Samsic), Mulu Hailemichael (Delko) e Flavien Maurelet (St. Michel – Auber 93). O quinteto conseguiu ganhar três minutos ao pelotão, mas esteve sempre controlado pelas principais formações francesas.

A 90km da chegada, Maurelet seria o primeiro alcançado, o que gerou um novo ataque da St. Michel – Auber 93, com Stephane Rossetto a sair do pelotão e a conseguir fechar o espaço para a frente. Mal alcançou o quarteto que seguia na frente, Rossetto aproveitou para respirar, e rapidamente continuou a solo, deixando os restantes escapados para serem absorvidos pelo pelotão.

O francês tinha dois minutos de vantagem com 50km para o fim, mas a rolar sozinho não teria qualquer hipótese numa jornada dura como esta e foi alcançado pelo pelotão, comandado pela Groupama – FDJ, a 25km da meta. Pouco depois, na última contagem do dia, o Côte de Charoncle, Anthony Perez (Cofidis) agitou a corrida com um grande ataque, e foi seguido por Benoit Cosnefroy (AG2R Citroen Team) e Franck Bonnamour, com vários outros ciclistas a fazerem depois a junção e um grupo pouco superior a 30 unidades a ficar na dianteira, incluindo o camisola amarela Christophe Laporte (Cofidis).

A 8kms do final, e após várias tentativas de ataque no grupo terem falhado, Warren Bargui, Franck Bonnamour, Dorian Godon, Sebastien Reichenbach (Groupama – FDJ), Urko Berrade (Kern Pharma) e Pierre-Luc Périchon (Cofidis) isolaram-se na frente e não mais foram alcançados. Barguil e Berrade ainda tentaram escapar para evitar o final ao sprint, mas foi precisamente dessa forma que a corrida se decidiu, com Godon a ser o mais forte e a triunfar, para arrecadar a camisola amarela a Christophe Laporte.

Nas classificações intermédias permanece tudo como estava, com Godon a ser o melhor jovem, Savini o melhor trepador e Roman Cardis (St. Michel – Auber 93) o líder dos sprints intermédios.

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock