Demare volta a triunfar depois de um passeio à beira-mar!

O francês líder da classificação por pontos, Arnaud Demare (Groupama – FDJ) venceu a sexta etapa do Giro d’Italia, uma ligação de 192km entre Palmi e Scalea, batendo ao sprint, após recurso a imagens de photofinish, o australiano Caleb Ewan (Lotto Soudal) num apertado final! O britânico Mark Cavendish (Quick-Step Alpha Vinyl) terminou na terceira posição.

A sexta jornada do Giro d’Italia prometia trazer alguma emoção com mais de 100km a percorrerem-se à beira-mar, com a possibilidade de vento lateral aparecer, mas tal não veio a suceder. Tivemos um dos dias mais lentos e tranquilos de que há memória para uma etapa deste estilo, com uma média a rondar os 38 km/h. Só ao km 23.4 é que surgiu a fuga do dia, quando Diego Rosa (EOLO – Kometa) encenou o único ataque da jornada, ganhando quase 5:00 de vantagem sobre o pelotão.

Na única contagem de montanha do dia, Rosa passou na frente, com Lennard Kamna (Bora – Hansgrohe) a passar tranquilamente na segunda posição para garantir mais 2pts. Rapidamente se cruzava também o primeiro sprint intermédio do dia, com a Drone Hopper – Androni Giocatolli a adiantar-se com três elementos, para que Filippo Tagliani pudesse aumentar a sua vantagem nessa classificação secundária, o que viria a suceder facilmente, já que o pelotão também não se importou muito com isso, e o trio voltou a ser absorvido pouco depois.

O resto da jornada não teve grande história, tendo decorrido tranquilamente e sem quedas. Rosa foi alcançado a 28km do fim, e o pelotão encaminhou-se para o sprint final, com os comboios a surgirem a 15km do fim para posicionarem os sprinters e os principais candidatos à classificação geral. A Groupama – FDJ manteve-se sempre muito compacta pelo lado esquerdo da estrada, e praticamente todos os sprinters acabaram por ir para à roda de Demare. Caleb Ewan foi o primeiro a sair e ganhou rapidamente a frente, com Girmay a colocar-se ao lado de Demare. O francês teve apenas uma oportunidade para conseguir avançar e passar Girmay e não a desperdiçou, colocando-se ao lado do australiano para o bater milimetricamente no photofinish e conquistar a segunda vitória consecutiva nesta edição do Giro d’Italia.

João Almeida (UAE Team Emirates) foi o melhor português, na 26ª posição, com o mesmo tempo do vencedor, enquanto Rui Oliveira (UAE Team Emirates) foi 73º e Rui Costa (UAE Team Emirates) 146º, todos com o mesmo tempo. Na geral, Almeida continua na 7ª posição, a 1:58 de Juan Pedro Lopez (Trek – Segafredo), o líder da geral e da juventude. Arnaud Demare continua a comandar a classificação por pontos e Lennard Kamna a classificação da montanha.

Os Metros Finais

Classificações

Classificações do Passatempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock