Danny van Poppel encerra ciclo a vencer a Binche-Chimay-Binche!

Danny van Poppel (Intermarché-Wanty Gobert) venceu na Binche-Chimay-Binche, lançando um ataque a 800 metros da meta e dar à sua equipa um belo presente de despedida antes de se mudar para Bora-Hansgrohe em 2022.

Rasmus Tiller (Uno-X) ainda tentou alcançar o cavaleiro holandês na subida final, mas não conseguiu igualar o seu poder e teve de se contentar com o segundo lugar. O corredor da Alpecin-Fenix Lionel Taminiaux fechou o pódio da clássica.

A equipa Deceuninck-Quickstep, tendo trabalhado durante grande parte da segunda metade da corrida, subiu de mãos vazias depois de Fabio Jakobsen ter abandonado a corrida a duas voltas do fim e de Mark Cavendish não ter conseguido acompanhar a aceleração de Van Poppel através dos paralelepípedos.

A prova de 198,6 kms, viu três corredores permanecerem desde o início na fuga – Jimmy Janssens (Alpecin-Fenix), Ceriel Desal (Bingoal-Pauwels Sauzen WB) e Dries Van Gestel (TotalEnergies), mas sempre com uma margem curta. Com duas voltas (cada com 16 kms) pela frente, Van Gestel foi alcançado, mas apareceu Anthony Turgis (que foi substituir o colega na fuga) para seguir Kobe Goossens (Lotto Soudal) que tinha atacado no pelotão.

Cavendish teve de parar para uma mudança de bicicleta a 30kms, mas Deceuninck-Quickstep continuou a controlar o ritmo. As 20kms, a fuga tinha cerca de 40segundos, e nessa altura viu-se Turgis atacar, sem sucesso, já que o azar bateu à porta: numa curva molhada, caiu e game over para o corredor. Aos pouco a equipa belga ia apanhando os fugitivos, sendo que Goossens foi o último apanhado a menos de 15kms.

Diversos ataques foram sucedendo atá aos 3kms finais, quando Josef Cerny (Deceuninck-Quickstep) atacou o pelotão. Guillaume van Keirsbulck (Alpecin-Fenix) tentou partir em perseguição, mas Mark Cavendish não deixou. Esta onda de acelerações matou por completo o pelotão. Foi aí que saltou Danny van Poppel (Intermarché-Wanty Gobert), que já dentro do km final atacou com vista a vitória. Rasmus Tiller (Uno-X) tentou, mas não conseguiu apanhar o holandês, mas aguentar para o segundo lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock