Cuidado com esta juventude!

A neozelandesa Ella Harris (New Zealand National Team) venceu a segunda e última etapa do Herald Sun Tour feminino, uma ligação de 75.2km com partida e chegada em Falls Creek, numa contagem de montanha com 19km de extensão e 5,1% de inclinação média. Harris bateu ao sprint a australiana Sarah Gigante (Team TIBCO – SVB), de apenas 19 anos (!), enquanto o terceiro posto foi para Lucy Kennedy (Mitchelton-Scott), a 3 segundos da vencedora.

Ella Harris conquistou a sua primeira vitória como profissional.

A etapa começou com o anúncio do encurtamento da mesma. De 75km passaríamos para apenas 45, pois os 30km iniciais, previstos serem em descida, acabaram por ser retirados da etapa devido a condições bastante instáveis e perigosas para as ciclistas.

Com um percurso tão curto, era esperado que o ritmo fosse desde cedo elevado, mas não foi isso que impediu algumas tentativas de ataque de acontecerem. Kate Perry (Specialized Women’s Racing) ainda esteve na frente durante quase 25km em solitário, mas foi alcançada no início da subida ainda com 16km por percorrer. 2km depois foi Bree Wilson (Roxsolt Attaquer) a lançar-se e a conseguir uma vantagem de quase um minuto, mas a ser alcançada alguns kms depois, e a sofrer um problema mecânico que a impediu de discutir a etapa.

Com 4km para o final tínhamos apenas 7 ciclistas na frente, Kennedy, Gigante, Harris, a líder Arlenis Sierra (Astana Women’s Team), Justine Barrow (Roxsolt Attaquer), Anastasiia Chursina (Ale BTC Ljubljana) e Jaime Gunning (Specialized Women’s Racing). Kennedy foi tentando várias vezes deixar Sierra para trás, e a cada ataque, tanto Sierra como Barrow conseguiam sempre encostar de novo. Kennedy tentou a última mexida já nos 400m finais, com Gigante a responder de pronto, e Gunning a tentar, mas com algumas dificuldades, porém, foi Harris quem vinda um pouco de trás conseguiu guardar mais energia e bater as rivais para assim conquistar a sua primeira vitória como profissional. Com isto, Kennedy acabou por conseguir o seu objetivo, e defender a vitória final do ano passado com sucesso, desta vez com 12 segundos de vantagem para a jovem Jaime Gunning, que levou para casa a camisola da juventude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock