Chicotada e Rosa para Vleuten!

A campeã do Mundo Annemiek van Vleuten (Mitchelton – Scott) venceu a segunda etapa do Giro Rosa, uma ligação de 124.8km entre Civitella Paganico e Arcidosso, batendo a compatriota Anna van der Breggen (Boels Dolmans) e a polaca Kasia Niewiadoma (Canyon – SRAM), por 1:16.

A corrida começou de forma muito rápida, sem que nenhuma ciclista conseguisse escapar na primeira metade da etapa, e com o perfil da tirada o pelotão reduziu-se rapidamente a cerca de 50 ciclistas. Julie van de Velde (Lotto Soudal) atacou a 63km do final, e chegou a ter 1min de vantagem, mas foi alcançada a cerca de 20km do final.

O ritmo explodiu logo na entrada da subida decisiva a Seggiano, a subida categorizada em Sterrato, com Annemiek van Vleuten a sair disparada e a não mais ser alcançada até final. A campeã do Mundo teve ainda um problema de aderência na roda de trás, na zona com mais pendente, e teve de desmontar da bicicleta até conseguir pedalar de novo, mas cruzou o topo com 40s de vantagem sobre Anna van der Breggen e 1:00 sobre Kasia Niewiadoma e Cecilie Uttrup Ludwig.

Vleuten conseguiu finalizar em solitário, enquanto Breggen foi alcançada pelo duo que atrás seguia. As três ainda tentaram colaborar até final, mas não conseguiram reduzir a diferença, e chegaram à meta a 1:16, exceto Ludwig que chegou a 1:29. Quem não consegui responder ao ataque passou pior, e perdeu já muito tempo para aspirar a lutar pela classificação geral. Ashleigh Moolman Pasio e Mavi Garcia perderam 3:07, ao passo que Elisa Longo leva já 4:22 de atraso e Marianne Vos 4:28.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock