Cavendish bate recorde histórico de Greipel com a vitória na Milano-Torino!

O britânico Mark Cavendish (Quick-Step Alpha Vinyl) venceu ao sprint a Milano-Torino, batendo o francês Nacer Bouhanni (Arkea Samsic) e o norueguês Alexander Kristoff (Intermarche – Wanty – Gobert) após 197km praticamente planos entre as duas cidades italianas que dão o nome à corrida.

Depois de várias tentativas de ataque fracassadas, Daniel Viegas (EOLO – Kometa), Martin Marcellusi (Bardiani – CSF – Faizanè) e Juan Diego Alba (Drone Hopper – Androni Giocattoli) conseguiram escapar e formar a fuga do dia. O pelotão permitiu-lhes ter uma vantagem de cerca de 5:00, que rapidamente se reduziu, com as equipas dos sprinters a manterem a corrida controlada para a discussão final em velocidade.

A clássica decorreu de forma bastante tranquila e sem grande emoção durante quase todo o dia. Os escapados foram alcançados a 20km da meta, e pouco depois a EF Education – EasyPost, sem nenhum homem rápido presente, tentou agitar a corrida com o ataque de Alberto Bettiol e Ben Healy. O irlandês ainda chegou a ter quase 20s de vantagem, mas foi alcançado a 4km do fim. Os últimos 3km foram percorridos em estradas largas, mas a passagem por várias rotundas deixou o pelotão bastante esticado. A Arkea Samsic assumiu o último km, mas o lançador de Bouhanni ficou muito cedo sem pernas. Michael Morkov surgiu da forma que melhor sabe e levou Cavendish a mais uma vitória esta temporada!

Para Cavendish, é sua 159ª vitória profissional na carreira, batendo o recorde histórico de 158 vitórias profissionais de Andre Greipel.

Rui Costa e Ivo Oliveira (UAE Team Emirates), que trabalharam para Juan Sebastian Molano, terminaram na 35ª e 41ª posição, respetivamente.

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock