Caleb Ewan vence em Stirling

Caleb Ewan conquistou hoje a sua primeira etapa com a nova equipa (Lotto Soudal) num sprint acentuado em Stirling. O vencedor de 2019, Daryl Impey terminou em segundo, e está já a apenas um segunda da liderança da prova que vence desde 2018.

Daryl Impey aguentou até à linha de meta e conseguiu arrecadar o bónus de seis segundos que muito jeito farão nas etapas mais duras. Nathan Haas (Cofidis) ficou-se pela terceira posição. O vencedor de ontem Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep) apesar de bem colocado no inicio, acabou por não conseguir acompanhar o ritmo ficando inclusive de fora do Top10.

Tal como em 2018, na sua primeira vitória em Stirling, Ewan acompanhou o ritmo avassalador imposto pela sua ex-equipa, Mitchelton-Scott, e frustrou os planos de colocar Impey numa posição de vencer, deixando-o em 2º.

“Ontem, as coisas realmente não foram planeadas, e acho que conversamos por cerca de uma hora na sala sobre o que poderíamos fazer, o que poderíamos fazer melhor”, disse Ewan na reta final.

“Os meus colegas fizeram um trabalho absolutamente perfeito hoje. Eles fizeram tudo o que eu pedi. Eles deixaram-me na perfeita posição para poder vencer” disse Caleb Ewan.

O final foi marcado por um enorme acidente a cerca de 1,5kms do fim que derrubou Elia Viviani (Cofidis), Simon Yates (Mitchelton-Scott), Richie Porte (Trek-Segafredo), entre outros tantos. Apesar da gravidade, apenas Yates pareceu estar mal tratado, o que levou a sua equipa a afirmar que seria uma equação a sua partida amanhã.

João Almeida cedeu pouco mais que 5 minutos, num dia em que foi obrigado a trabalhar na frente do pelotão e por isso chegou à parte final com menos forças que os restantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Nem um empurrão de Serrano tirou a primeira vitória profissional de Edward Planckaert!

Edward Planckaert (Alpecin-Fenix) ganhou a primeira etapa da Vuelta a Burgos, batendo Gonzalo Serrano (Movistar) sobre a linha de meta, mesmo depois de ter levado um empurrão do espanhol. Numa chegada coincidente com uma rampa em Burgos, uma aceleração de Romain Bardet (Team DSM) com quatro corredores foi sucificente para abrir uma brecha, e quintento […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock