Breggen bate Vleuten, Mavi Garcia sem rivais e Stybar derrotado ao sprint! – Nacionais pela Europa dia 3

Terceiro dia de campeonatos nacionais traz-nos um grande destaque vindo da Holanda! A campeã do Mundo Annemiek van Vleuten perdeu pela primeira vez esta temporada no campeonato nacional holandês, que viu Anna van der Breggen (Boels Dolmans) bater a sua compatriota da Mitchelton – Scott por 1:19, para se sagrar campeã holandesa de fundo pela primeira vez numa longa e grande carreira! No terceiro lugar ficou Anouska Koster (Parkhotel – Valkenburg) a 2:00.

Dobradinha para Mavi Garcia em Espanha.

Em Espanha vitória de Mavi Garcia (Ale BTC Ljubljana), a mostrar uma vez mais que está um nível acima das restantes adversárias, conquistando o seu segundo título de fundo, depois da vitória em 2016, e o segundo do fim de semana, após a vitória no contrarrelógio no dia anterior. No segundo lugar terminou Ane Santesteban (Ceratizit – WNT Pro Cycling) a 2:11, e em terceiro Eider Merino (Movistar Team) a 3:55.

Primeiro título de fundo em elites para Cordon Ragot.

Já em França, vitória de Audrey Cordon Ragot (Trek – Segafredo), ela que batalhou sozinha contra FDJ e Arkea que se apresentaram com conjuntos com muitos elementos, e bateu Gladys Verhulst (Team Arkea) e Clara Copponi (FDJ – Nouvelle Aquitaine Futuroscope) por 38 segundos, conquistando também o primeiro título nacional de fundo em elites.

Adam Toupalik venceu pela primeira vez o título checo de fundo em elites.

Na República Checa Adam Toupalik (Elkov – Kasper) é o homem do momento, ele que bateu Zdenek Stybar (Deceuninck – QuickStep) ao sprint para se sagrar campeão de fundo em elites pela primeira vez. No terceiro lugar terminou Petr Vakoc (Alpecin – Fenix) a 3 segundos.

Juraj Sagan defendeu o seu título com sucesso!

Os campeonatos da Eslováquia decorreram ao mesmo tempo e no mesmo local que os checos, e a vitória sorriu de novo a Juraj Sagan (Bora – Hansgrohe) pela quarta vez, a segunda consecutiva, após bater o seu colega de equipa Erik Baska por 2:14 e Lukas Kubis (Dukla Banska Bystrica) por 2:34.

Mathias Brandle voltou a dominar na Austria.

Na Áustria, Matthias Brandle (Israel Start – Up Nation) voltou a vencer o contrarrelógio em elites, conquistando o seu sexto título na especialidade, após bater Patrick Gamper (Bora – Hansgrohe) por 11 segundos e Felix Ritzinger (WSA KTM Graz) por 26 segundos.

Nas mulheres, vitória de Anna Kiesenhofer, ela que completou o percurso de 28.5km em 39:01 e deixou as principais adversárias bem afastadas de si. O segundo lugar foi para Astrid Lamprecht a 2:51 e o terceiro para Christina Schweimberger (Doltcini – Van Eyck Sport) a 3:26.

Já na Polónia Marta Lach (CCC – Liv) venceu o título nacional de fundo ao sprint, batendo Katarzyna Wilkos e Lucja Pietrzak.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock