Bernal e Sivakov dão dobradinha à Ineos!

O colombiano Egan Bernal (Team Ineos) venceu hoje a terceira etapa da Route d’Occitanie, a etapa rainha da prova, com uma ligação de 163.5km, com partida em Saint-Gaudens, e chegada no Col de Beyrede, uma contagem de primeira categoria com 10.9km de extensão, com 7.2% de inclinação média. No segundo lugar terminou o seu colega de equipa, o russo Pavel Sivakov (Team Ineos), a 10s, e em terceiro o também russo Alexander Vlasov (Astana) a 17s.

Terceira etapa da Route d’Occitanie, a etapa que iria fazer maiores diferenças, com um percurso digno do Tour de France. A etapa começou com a fuga do dia a formar-se logo após o arranque da mesma, com 8 homens. Benoit Cosnefroy (AG2R La Mondiale), Lilian Calmejane (Total Direct Energie), Harold Tejada (Astana Pro Team), Julien Bernard (Trek – Segafredo), Mathieu Ladganous (Groupama – FDJ), Georg Zimmermann (CCC Team), Joan Bou (Euskaltel – Euskadi) e Julien Trarieux (Nippo Delko Provence) foram os ciclistas que partiram à aventura, conseguindo uma vantagem que rondou os 4 minutos, sempre com a Ineos e a Astanta a controlar o pelotão e a distância para a frente.

A distância foi sendo progressivamente encurtada pelo pelotão, com a fuga a partir-se também antes da subida final. Julien Bernard da Trek foi o último alcançado, já na entrada da subida final, a 10km da meta. O comboio da Ineos entrou à carga, e foi descarregando os adversários um a um, e Froome foi um dos homens de trabalho na subida final, antes de Tao Geoghegan Hart e de Pavel Sivakov. Mesmo com o palmarés que tem, Froome não se inibiu de passar na frente do pelotão e ajuda a descarregar os adversários para a sua equipa poder triunfar

Nos kms finais ficaram apenas Bernal, Sivakov, Vlasov e Pinot na frente, com o russo Sivakov a levar o grupo para Bernal poder atacar e vencer a etapa. Sivakov ainda foi capaz de fazer melhor que os outros dois adversários do grupo, chegando na segunda posição para dar a dobradinha à Ineos.

Nota negativa do dia vai para Miguel Angel Lopez, que perdeu quase 4 minutos, depois de ter sido um dos últimos a descolar do grupo que seguia ao ritmo da Ineos.

Bernal é agora o novo líder da classificação geral e da juventude. Bryan Coquard segue líder da classificação por pontos e Lilian Calmejane é o novo líder da classificação da montanha.

José Gonçalves foi 60º a 12’32” e é agora 52º na geral a 12’42” de Bernal.

Nota para a péssima organização da prova, que para além de não conseguir controlar o acesso dos espectadores às zonas mais importantes, nem a utilização de máscara, também não foi capaz de proporcionar uma transmissão em vídeo em direto numa prova com este pelotão, assim como nem atualizações em texto conseguiu proporcionar em condições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock