Ben Hermans triunfa em alto e é o novo líder da Arctic Race!

O belga Ben Hermans (Israel Start-Up Nation) venceu a terceira etapa da 8ª Arctic Race of Norway, uma ligação de 184.5km entre Finnsnes e Målselv e é o novo líder da corrida! Hermans bateu ao sprint o norueguês Odd Christian Eiking (Intermarche – Wanty – Gobert) e o francês Victor Lafay (Cofidis), tendo todos terminado dentro do mesmo tempo.

A terceira jornada da Arctic Race prometia dar uma reviravolta na geral, dado o íngreme e complicado final que os melhores trepadores presentes não quereriam desperdiçar. A corrida começou a todo o gás e várias tentativas de ataques acabaram por não suceder. Só com 15km percorridos é que se encontrou a fuga do dia, com Fredrik Dversnes (Team Coop), Jens Reynders (Sport Vlaanderen – Baloise), Julien Duval (AG2R Citroen Team), Xabier Azparren (Euskaltel – Euskadi) e o vencedor da etapa de ontem Martin Laas (Bora – Hansgrohe).

O pelotão nunca deu mais do que 3min aos escapados, mas o tempo era mais do que suficiente para Dversnes conquistar as diversas contagens de montanha do dia e garantir a vitória na classificação da montanha. A seleção Norueguesa e a Team TotalEnergies controlavam o pelotão, com o final a prever-se entre os principais candidatos à geral, tal como veio a acontecer.

A Arkea Samsic e a Uno-X pegaram no pelotão para a aproximação à subida final, e as rampas e falsos planos que antecediam a chegada a Målselv começaram a fazer a fuga quebrar e perder elementos. Martin Laas foi o primeiro a quebrar, ainda com 11km para o fim, e no momento em que era já alcançado pelo pelotão, a menos de 9km para a chegada, era Julien Duval a descolar e a deixar a frente reduzida a um trio. Com Duval já absorvido pelo pelotão, foi Reynders o seguinte a descolar, a 5.7km do fim, graças a um ataque de Dversnes e de Azparren.

O duo ainda persistiu mais alguns kms, mas foi alcançado já dentro da subida final a Fjellandsby. Vários ataques aconteceram para selecionar o pelotão, que rapidamente se fracionou, mas só quando Eiking mexeu a 1.3km do fim é que os candidatos se isolaram para a disputa da etapa. Ben Hermans fez rapidamente a junção ao norueguês, e quando Lafay atacou a 900m do final, ninguém o conseguiu seguir. O jogo do para-arranca começou imediatamente, e isso permitiu que o grupo perseguidor se aproximasse bastante. Com 500m para o fim, o italiano Samuele Battistella (Astana – Premier Tech) tentou fazer a ponte, mas quando estava já a agarrar a roda de Lafay, Ben Hermans voltou a acelerar e deixou o italiano a meio caminho. Eiking confiou que Hermans os ia levar à meta e apenas começou a sprint a 80m da chegada, o que não foi suficiente. Hermans tinha guardado uma reserva e conseguiu bater o norueguês no photofinish para subir à liderança da geral.

André Carvalho (Cofidis) não partiu para a etapa.

Com a vitória, Hermans é o novo líder da geral, e partirá para a derradeira jornada com 4s sobre Eiking e 6s sobre Lafay. Alexander Kristoff (Norway National Team) permanece líder dos pontos, e Lafay é o novo líder da juventude. Dversnes aumentou a liderança da montanha, mas amanhã tudo pode mudar!

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock