Balsamo vence em Madrid, Brennauer faz a dobradinha no Ceratizit Challenge!

A italiana Elisa Balsamo (Valcar – Travel & Service) venceu a terceira e última etapa do Ceratizit Madrid Challenge by la Vuelta, batendo ao sprint a primeira líder da prova, a holandesa Lorena Wiebes (Team Sunweb), e a italiana Marta Bastianelli (Ale BTC Ljubljana), ambas com o mesmo tempo da vencedora.

Madrid era o local que iria receber o dia de decisões da sexta edição do Ceratizit Madrid Challenge by la Vuelta, com uma tirada de 100km que consistia em 17 voltas a serem percorridas no circuito da capital espanhola, com sprints bonificados a cada 2 voltas, que iriam animar a luta pela classificação geral da prova.

Lorena Wiebes e Lisa Brennauer animaram as primeiras disputas, conquistando 7s cada uma, resultado de terem ganho um dos sprints, e terem sido segundas no outro. Pouco depois disso Jessica Roberts (Mitchelton – Scott) isolou-se e conquistou o sprint bonificado da volta 6, mas Lorena conseguiu ganhar mais 2s, ao invés de Brennauer que foi apenas quarta a cruzar a linha de meta.

A holandesa continuou a carburar para vencer também o sprint da volta 8 à frente da campeã alemã, e estendeu para 14 o número de segundos ganhos, ao passo que Brennauer alargou apenas para 9. Na volta 10 a corrida ganhou novos contornos com a campeã italiana Elisa Longo Borghini (Trek – Segafredo) a atacar e ganhar vantagem ao pelotão, passando na frente nos sprints das voltas 10, 12 e 14, e assim garantir 15 segundos de bonificação antes de ser alcançada de novo pelo pelotão. Brennauer foi quem acabou por beneficiar, já que Lorena começou a acusar algum desgaste, e foi a alemã que conseguiu conquistar mais 5s, ao invés da holandesa, que sentiu a fadiga dos sprints anteriores, e se poupou para poder ainda vencer a etapa, abdicando da luta pela geral.

No sprint da penúltima volta, Brennauer conseguiu conquistar mais 5s, com Elisa Longo Borghini a ser segunda e a garantir mais dois, que lhe viriam a ser decisivos na classificação final, enquanto Lorena esperou pela última volta. A Valcar foi quem assumiu o pelotão para o sprint, com Elisa Balsamo a estar fresca, e a aproveitar o excelente trabalho das colegas de equipa para vencer a etapa em grande estilo, após apanhar a roda de Lorena Wiebes, ela que já sem gregárias tentou surpreender lançando um forte sprint a 250m da chegada, mas que viu a italiana aguentar-se na sua roda e finalizar nos últimos 50m para assim garantir a primeira e única vitória da temporada da equipa italiana, naquela que foi a última prova do ano.

Pódio final com Elisa Longo, Lisa Brennauer, e Lorena Wiebes (por esta ordem na foto)

Os 10s de Wiebes na chegada não lhe permitiram recuperar mais do que até à terceira posição, ficando apenas 1s atrás de Elisa Longo, e a 13s da vencedora, a alemã Lisa Brennauer que revalidou assim a vitória na competição depois de ter alcançado o título também em 2019, e desta vez acrescentando também a classificação por pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock