Arco Íris brilha nas ruas de Wevelgem com Elisa Balsamo a vencer ao sprint a Gent – Wevelgem!

A italiana, Campeã do Mundo, Elisa Balsamo (Trek – Segafredo) venceu a Gent – Wevelgem, uma clássica de 159km entre Gent e Wevelgem, batendo ao sprint a neerlandesa Marianne Vos (Jumbo – Visma) e a italiana Maria Giulia Confalonieri (Ceratizit – WNT Pro Cycling).

A Gent – Wevelgem feminina começou com Anne Van Rooijen (Parkhotel Valkenburg) e Willemijn Prins (Multum Accountants Ladies Cycling Team) a saírem do pelotão, mas em menos de 10km, as duas neerlandesas foram alcançadas. A 148km do fim, Gulnaz Khatuntseva (Roland Cogeas Edelweiss Squad) atacou e foi seguida por Van Rooijen. As duas formaram a fuga do dia e, a 139km do fim, tinham 1:43 sobre o pelotão.

A 119km do fim, as duas da frente tinham uma vantagem superior a 1:00 sobre o pelotão que era comandado pela Jumbo – Visma. A 86km do fim, a Team SD Worx aumentou o ritmo no pelotão. 4km depois, uma queda de 15 ciclistas aconteceu no pelotão. A 80km do fim, a vantagem das duas da frente era de apenas 50s sobre o pelotão.

A 75km do fim, a Uno-X Pro Cycling Team aumentou o ritmo e a vantagem da fuga era de apenas 30s. 7km depois, as duas da frente foram alcançadas. A 58km do fim, Lotte Kopecky (Team SD Worx) atacou e foi seguida por Anna Henderson (Jumbo – Visma), Liane Lippert (Team DSM) e Katarzyna Niewiadoma (Canyon // SRAM Racing). As quatro conseguiram uma pequena vantagem sobre o pelotão. 1km depois, Marta Lach (Ceratizit – WNT Pro Cycling) juntou-se à frente da corrida. A 53km do fim, Alice Arzuffi (Valcar – Travel & Service) também se juntou à frente da corrida.

A 52km do fim, Balsamo teve um problema mecânico, mas em poucos kms conseguiu reentrar no pelotão. 2km depois, Lach e Arzuffi perderam o contacto com o grupo da frente. Logo a seguir, Marlen Reusser (Team SD Worx), Marta Cavalli (FDJ – Nouvelle Aquitaine – Futuroscope) e Coryn Labecki (Jumbo – Visma) saíram do pelotão e perseguiam as quatro da frente. A 48km do fim, uma das favoritas do dia, Lorena Wiebes (Team DSM), sofreu uma queda e acabou por abandonar a prova. 3km depois, as três perseguidoras juntaram-se ao grupo da frente que tinha 20s sobre o pelotão.

A 43km do fim, as seis da frente foram alcançadas devido ao forte ritmo da Trek – Segafredo. 1km depois, a Team SD Worx aumentou o ritmo no pelotão que ficou esticado. A 30km do fim, Chantal van den Broek – Blaak (Team SD Worx), Shirin Van Anrooij (Trek – Segafredo), Alice Barnes (Canyon // SRAM Racing) e Floortje Mackaij (Team DSM) saíram do pelotão, mas em menos de 3km as quatro foram alcançadas.

A 24km da meta, o segundo pelotão juntou-se ao primeiro pelotão. Durante vários kms, a Team SD Worx, a Canyon // SRAM Racing, a Jumbo – Visma e a Ceratizit – WNT Pro Cycling aceleravam na corrida, mas a Trek – Segafredo nunca as deixou ganhar um espaço importante. A 7km da meta, Lonneke Uneken (Team SD Worx) atacou, mas foi alcançada em menos de 2km. A 3.3km da meta, Grace Brown (FDJ – Nouvelle Aquitaine – Futuroscope atacou, mas Ellen Van Dijk (Trek – Segafredo) impôs um forte ritmo e Brown foi alcançada a 1.3km do fim.

No último km, Vos estava mal colocada para o sprint. Nos metros finais, Balsamo lançou o sprint lado a lado com Kopecky. Kopecky não teve capacidade para lutar pela vitória com Balsamo, que venceu assim a Gent – Wevelgem. Vos, após uma má colocação e um lançamento tardio do sprint, ainda foi segunda. Confalonieri foi terceira, após bater no photofinish Kopecky e Emma Nosgaard (Movistar Team).

A portuguesa Tata Martins (Le Col Wahoo) abandonou a prova.

Os metros finais

O Pódio final

Resultados Completos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock