Annemiek van Vleuten é a grande vencedora do Ceratizit Challenge! Lotte Kopecky vence a última etapa!

A belga Lotte Kopecky (Liv Racing) venceu a última etapa do Ceratizit Challenge, uma ligação de 107.4km entre As Pontes e Santiago de Compostela, batendo ao sprint a italiana Elisa Longo Borghini (Trek – Segafredo). A britânica Anna Henderson (Jumbo – Visma) foi terceira a 4s. A neerlandesa Annemiek van Vleuten (Movistar Team) foi 21ª e é a grande vencedor do Ceratizit Challenge.

A última etapa do Ceratizit Challenge começou com um ritmo alto, mas nenhuma ciclista conseguiu ganhar um espaço importante e formar a fuga do dia. A 70km do fim, Ellen Van Dijk (Trek – Segafredo), Alison Jackson (Liv Racing) e Elise Chabbey (Canyon // Sram Racing) tentavam sair do pelotão, que já estava reduzido, devido ao forte ritmo imposto. Um grupo atrasado rodava já a 2:00 do pelotão.

A 60km do fim, Anna Van der Breggen (Team SD Worx), Leah Thomas e Sara Martín (Movistar Team), Amalie Dideriksen e Shirin Van Anrooij (Trek – Segafredo), Stine Borgli (FDJ Nouvelle – Aquitaine Futuroscope), Sofia Bertizzolo (Liv Racing), Ursa Pintar (Alé BTC Ljubljana), Alena Amaliusik e Hannah Ludwig (Canyon//Sram Racing), Amber Kraak (Jumbo – Visma), Janneke Ensing (Team Bike Exchange), Kathrin Hammes (Ceratizit – WNT Pro Cycling Team) e Malgorzata Jasinska (Women Cycling Sport) saíram do pelotão e formaram a fuga do dia.

Lotte Kopecky venceu a última etapa do Ceratizit Challenge

A 50km do fim, a diferença entre a fuga e o pelotão era de 1:00 e o forte ritmo do pelotão continuava, mas a fuga estava a conseguir resistir e a vantagem estava sempre entre os 50s e o 1:10. A 25km do fim, Anna Van der Breggen, Leah Thomas, Shirin Van Anrooij e Alena Amaliusik atacaram no grupo da frente e tinham 1:10 de vantagem sobre o pelotão.

A 14km da meta, as quatro estavam a resistir, mas a vantagem que tinham diminuía para 35s. 4km depois, Leah Thomas atacou e seguiu isolada na frente, com o pelotão estava a 30s. A Movistar Team atrapalhou o trabalho da Liv Racing e aumentou a vantagem de Thomas para 50s, mas a Liv Racing não desistiu e a 2km da meta a vantagem de Thomas era de apenas 17s.

No último km, na rampa final, Elisa Longo Borghini atacou e levou consigo Lotte Kopecky e as duas passaram a “voar” por Leah Thomas nos últimos 250m. No sprint final, Lotte Kopecky foi mais forte e bateu Longo Borghini para vencer a última etapa do Ceratizit Challenge. Anna Henderson foi terceira a 4s. Annemiek van Vleuten foi a grande vencedora do Ceratizit Challenge, batendo Marlen Reusser (Alé BTC Ljubljana) por 1:34 e Elise Chabbey por 3:12. Com a vitória na última etapa, Lotte Kopecky foi a vencedora da classificação por pontos.

A portuguesa Melissa Maia (Team Farto – BTC) foi 89º na etapa e 81º na classificação geral e a portuguesa Liliana Jesus (Team Farto – BTC) não acabou a prova.

Os Metros finais

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock