Abre-se Cortina e fecham-se estradas!

O espanhol Ivan Garcia Cortina (Bahrain – McLaren) venceu a terceira etapa do Paris-Nice, uma ligação de 212.5km com partida em Chalette-sur-Loing e chegada em La Chatre. No segundo lugar terminou o eslovaco Peter Sagan (Bora – Hansgrohe) e em terceiro o italiano Andrea Pasqualon (Circus – Wanty Gobert), ambos com o mesmo tempo do vencedor.

Terceira etapa do Paris-Nice, um dia longo em vésperas de contrarrelógio individual, numa fase em que o ciclismo já estava a começar a parar, e apenas o Paris-Nice iria continuar, ainda que com uma etapa a menos, o final em Nice havia sido cancelado por motivos óbvios de saúde pública! Voltando à terceira etapa, uma longa fuga de apenas um homem Tom Devriendt (Circus – Wanty Gobert), desde o km 4, até ao km 185, onde foi alcançado, depois de 181km em solitário.

A Deceuninck-QuickStep era a equipa mais ativa, procurando a vitória final para Sam Bennett, mas o irlandês viu-se numa queda a 200m do final, onde acabou por ficar obviamente arredado da discussão da etapa, juntamente com Caleb Ewan e Hugo Hofstetter. Perante Peter Sagan à espera do momento certo, Cortina lançou-se e Sagan esperou demasiado, quando começou a sprintar, mesmo na posição perfeita, já Cortina tinha passado por ele e Sagan não teve força nem metros para alcançar o espanhol.

Max Schachmann continua na liderança da classificação geral, Giacomo Nizzolo é o novo líder da classificação por pontos, Jonathan Hivert permanece na liderança da montanha, e Sergio Higuita é o melhor jovem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock