À terceira foi de vez! Jasper Philipsen vence em Izmir e é o novo líder da Volta à Turquia!

O belga Jasper Philipsen (Alpecin – Fenix) venceu a terceira etapa do Tour of Turkey após uma curta jornada de 123km com partida em Cesme e chegada em Izmir, batendo ao sprint o líder da geral, e vencedor da etapa anterior, o australiano Kaden Groves (BikeExchange – Jayco) e o espanhol Miguel Angel Fernandez (Global 6 Cycling), que surpreendeu ao chegar ao pódio..

Iuri Leitão (Caja Rural – Seguros RGA) foi 7º no sprint, com um final em grande velocidade, que apenas pecou pela má colocação no início do sprint.

A etapa mais curta desta Volta à Turquia teve uma fuga que incluiu corredores que lutam pelas classificações secundárias. O americano Noah Granigan (Wildlife Generation Pro Cycling) estava em busca de pontos para a camisola vermelha da montanha, enquanto o ucraniano Vitaliy Buts (Sakarya BB Pro Team) estava na luta pela camisola branca dos sprints intermédios. A eles juntaram-se Peio Goikoetxea (Euskaltel – Euskadi), Umberto Poli (Team Novo Nordisk), Léo Bouvier (Bike Aid) e Scott McGill (Wildlife Generation Pro Cycling).

O pelotão manteve a fuga por perto, nunca lhe dando mais do que 2min de vantagem, perante um traçado tão curto e sem dificuldades. A diferença foi-se reduzindo na segunda metade da etapa, graças ao trabalho da Lotto Soudal, da Alpecin – Fenix ​​e da BikeExchange – Jayco, que lideraram o pelotão ao longo da sinuosa estrada costeira, com a fuga ser alcançada dentro dos últimos 30km.

A Uno-X veio para a frente nos últimos 5km, na tentativa de posicionar o seu líder, Anders Johannessen, e de o manter fora de perigo. A Israel – Premier Tech e a EOLO – Kometa surgiram também, mas não tiveram força para aguentar até final. A Lotto Soudal manteve-se escondida e fora da discussão, enquanto a Team DSM consegui ganhar a batalha e lançar o sprint para Alberto Dainese. Groves lançou o seu sprint cedo para não ficar fechado, mas Philipsen estava na roda e teve força para embalar a grande velocidade e passar o australiano para conquistar a vitória.

Com o triunfo, Philipsen ascendeu à liderança da geral e da classificação por pontos tendo agora 2s e 1pt de vantagem sobre Groves. Granigan segue na liderança da montanha, Buts está de volta à liderança dos sprints intermédios e a Alpecin – Fenix é agora a melhor equipa.

A Chegada ao Sprint

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock