A Lei de Roglic!

O esloveno Primoz Roglic, da Team Jumbo-Visma, venceu a 1ª etapa da Volta a Espanha e é assim o primeiro líder da prova. Na 2ª posição terminou o equatoriano Richard Carapaz (INEOS Grenadiers), enquanto o 3º posto ficou para o irlandês Dan Martin (Israel Start-Up Nation).

Arrancou ontem a 75ª edição da La Vuelta Ciclista a España, com a disputa da 1ª etapa na região do País Basco. A abrir as hostilidades tivemos logo uma jornada bem difícil e muito disputada, com 173 km entre Irún e Arrate. No menu constavam 4 contagens de montanha, 3 de 3ª categoria mais a subida final, de 1ª categoria, o Alto de Arrate (5km a 8.5%), que não coincidia com a meta, uma vez que existiam 2 km em descida até à meta.

A fuga do dia formou-se no início da etapa, com a movimentação de Jetse Bol (Burgos-BH), Rémi Cavagna (Deceuninck-Quick Step), Tim Wellens (Lotto Soudal), Jasha Sütterlin (Sunweb), e Quentin Jauregui (AG2R La Mondiale). Com o pelotão a ser controlado pela Jumbo-Visma, com aparições na frente da Movistar e, mais tarde, da Burgos e da Astana, a fuga nunca teve grande margem de manobra.

Com 53 km para o final, na segunda subida do dia, apenas 1:15 separava a fuga do pelotão, com a certeza de que a etapa ia ser discutida pelo grupo principal. Na abordagem à ascensão seguinte já não havia fuga, com a Bahrain-McLaren e a Caja Rural a liderarem o pelotão. A equipa mais azarada do dia ia sendo a EF Pro Cycling, com Daniel Martinez e Michael Woods a caírem no decorrer da etapa e a perderem tempo importante. No pelotão iam sobrevivendo cerca de 60 corredores, com nomes como Chris Froome ou Thibaut Pinot a sentirem dificuldades.

Com a Israel e a INEOS a liderarem o pelotão, o grupo dava início à subida final e aí a equipa britânica mostrou ao que vinha. Ritmo muito forte com Ivan Sosa a levar Carapaz atrás de si, no entanto, quem atacou foi Sepp Kuss (Jumbo-Visma), claramente em muito bom nível tal como no Tour. Nomes importantes como Martinez, Gaudu, e Vlasov iam perdendo o contacto.

De facto, apenas um seleto grupo de 9 (!) ficou na frente da corrida: Kuss, Roglič, e George Bennett (Jumbo-Visma), Carapaz (INEOS), Esteban Chaves (Mitchelton-Scott), Hugh Carthy (EF Pro Cycling), Felix Großschartner (BORA), Dan Martin e Enric Mas. Uma seleção bem grande para o 1º dia de uma grande volta! Atrás do conjunto principal, seguia um grupo na perseguição com Tom Dumoulin (Jumbo-Visma) e Alejandro Valverde (Movistar).

No cimo da subida, passou Kuss em 1º, o que lhe garante a 1ª liderança do prémio da montanha, e de seguida viria uma descida até à meta. O norte-americano ainda impos o ritmo, na esperança de preparar a chegada para Roglic, mas entretanto atacou Hugh Carthy, embora não se conseguisse isolar do grupo. E de seguida, à entrada do km final, quem atacou foi Primoz Roglic, com uma grande aceleração no percurso que já por si era rápido. Ninguém foi capaz de seguir o esloveno, que cruzou a meta sozinho, garantindo assim a primeira camisola vermelha da competição, ele que é o campeão em título da prova.

O grupo chegou logo de seguida, com 1 segundo de diferença para o vencedor, com Carapaz a ser 2º, Dan Martin 3º, Chaves 4º, Grossschartner 5º, e Mas 6º. Hugh Carthy chegou com 4 segundos de atraso, Kuss com 10, e George Bennett com 40. O top 10 da jornada foi fechado por Andrea Bagioli (Deceuninck-Quick Step) a 51 segundos, que encabeçava o grupo de Dumoulin e Valverde.

Rui Costa terminou no 23º posto, a 1:38 da frente, Nelson Oliveira ficou em 53º, a 7:33, Rui Oliveira em 100º e Ricardo Vilela em 105º, ambos a 15:20, enquanto Ivo Oliveira foi 165º, a 20:14, todos em dia de trabalho em prol da equipa.

Amanhã disputa-se a 2ª etapa da Volta a Espanha, com 151.6 km entre Pamplona e Lekunberri, em mais um dia montanhoso. Desta vez, serão 3 contagens, duas delas de 3ª categoria e uma de 1ª, a última, com 9.5 km a 7.9%, com o topo colocado antes de uma descida de 17 km até à meta.

Rodrigo Neves venceu a primeira etapa do Passatempo e é o primeiro líder da geral!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock