A festa cubana continua em Andalucia com Arlenis Sierra a vencer a etapa 2!

A cubana Arlenis Sierra (Movistar Team) venceu a segunda etapa da Vuelta Ciclista Andalucia – Ruta Del Sol, uma ligação de 119km entre Málaga e Mijas, batendo ao sprint a alemã Ricarda Bauernfeind (Canyon //SRAM Generation) e a espanhola Mavi Garcia (UAE Team ADQ).

A segunda etapa da Vuelta a Andalucia começou com um ritmo alto. A 114km do fim, na primeiro sprint intermédio do dia, Eva Anguela (Rio Miera – Cantabria Deporte) foi a mais forte. 11km depois, Ariana Gilabert (Laboral Kutxa – Fundacion Euskadi) saiu do pelotão e conseguiu uma vantagem de 30s. A 96km do fim, Gilabert tinha uma vantagem de 1:26 sobre o pelotão. A líder da geral, Sierra, furou mas a cubana conseguiu reentrar no pelotão.

A 84km do fim, Gilabert tinha 4:00 de vantagem sobre o pelotão, que era comandado pela Movistar Team. 12km depois, o pelotão reduziu a vantagem de Gilabert para 1:33. A 60km do fim, Gilabert foi alcançada pelo pelotão. 3km depois, na primeira contagem de montanha do dia, Antri Christoforou (Team Farto – BTC) foi a primeira a passar na frente. A 46km do fim, Matilda Field (Roxsolt Liv SRAM) atacou e conseguiu uma pequena vantagem.

A 33km do fim, Field tinha 34s de vantagem sobre o pelotão que era comandado pela Movistar Team e pela UAE Team ADQ. 8km depois, Field conseguiu aumentar a sua vantagem para 42s. A 18km do fim, no segundo sprint intermédio do dia, Field foi primeira. No pelotão, Corinna Lechner (Massi Tactic Women’s Team) acelerou para ser segunda no sprint intermédio e reforçar a sua liderança na classificação dos sprints intermédios.

A 10km da meta, Field foi alcançada pelo pelotão. 1km depois, Garcia atacou e foi seguida por Katrine Aalerud (Movistar Team) e Becky Storrie (Cams – Basso). A 7km do fim, as três da frente tinham 19s de vantagem sobre o pelotão. 2km depois, as três da frente foram alcançadas pelo pelotão. Logo a seguir, Nadine Gill (Sopela Women’s Team) acelerou e Sierra, Paula Patino (Movistar Team), Garcia e Bauernfeind foram as únicas que a conseguirem seguir.

A 2km da meta, Erica Magnaldi (UAE Team ADQ) conseguiu juntar-se às cinco da frente que tinham cerca de 15s de vantagem sobre o pelotão. Nos metros finais, Sierra lançou o sprint e a cubana aguentou o forte sprint de Bauernfeind nos últimos 50 metros, para vencer a segunda etapa da Vuelta Ciclista Andalucia. Mavi Garcia foi terceira.

A portuguesa Beatriz Roxo (Rio Miera – Cantabria Deporte) foi 64º a 13:14.

Sierra manteve a liderança da classificação geral e da classificação por pontos. Garcia manteve a liderança da classificação da montanha e a espanhola é a nova líder do Combinado. Lechner manteve a liderança da classificação dos sprints intermédios.

Classificações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock