Alexander Kristoff volta a vencer na Antwerp Port Epic!

O norueguês Alexander Kristoff (Uno-X Mobility) venceu a Antwerp Port Epic, uma clássica de 178km com partida e chegada em Antwerpen, batendo ao sprint o francês Emilien Jeannière (TotalEnergies) e o israelita Oded Kogut (Israel Premier Tech Academy).

Aventura da fuga e novos ataques

A Antwerp Port Epic começou com diversas tentativas de ataque, mas nenhuma delas teve sucesso. A 158km do fim, Nicklas Pedersen (Tdt-Unibet) e Alexander Hansen (Airtox – Carl Ras) atacaram e formaram a fuga do dia. 13km depois, Aksel Skot-Hansen (Team Coloquick) saiu do pelotão e conseguiu fazer a ponte para o duo da frente. Os fugitivos do dia conseguiram uma vantagem de cerca de 2:00 sobre o pelotão.

A 73km do fim, os três da frente foram alcançados. A Lotto Dstny impunha um ritmo elevado no pelotão que acabou por cortar. 12km depois, Per Strand Hagenes (Team Visma | Lease a Bike) teve um problema mecânico, mas conseguiu reentrar no pelotão. A 50km do fim, Pier-André Côté (Israel – Premier Tech Academy) e Juri Hollmann (Alpecin – Deceuninck) atacaram e ficaram isolados na frente da corrida. 15km depois, alguns ataques aconteceram no pelotão, mas nenhum deles teve sucesso.

Quedas e furos tiram alguns favoritos da luta pela corrida

A 32km do fim, uma queda aconteceu no pelotão na qual ficaram envolvidos Joe Blackmore (Israel – Premier Tech Academy), Gianni Vermeersch (Alpecin – Deceuninck), Francisco Galvan (Equipo Kern Pharma) e Hugo Page (Intermarché – Wanty). Vermeersch e Page foram obrigados a abandonar, mas Blackmore e Galvan conseguiu continuar a corrida. 2km depois, Dries Van Gestel (TotalEnergies) sofreu um furo numa fase importante da corrida.

Logo a seguir, Arnaud De Lie e Pascal Eenkhoorn (Lotto Dstny), Biniam Girmay (Intermarché – Wanty), Sandy Dujardin (TotalEnergies) e Pim Ronhaar (Baloise Trek Lions) atacaram e tentavam juntar-se ao grupo da frente. A cerca de 20km do fim, os cinco perseguidores acabaram por ser alcançados. Poucos kms depois, novos ataques aconteceram, mas não tiveram sucesso.

Hollmann tenta a sua sorte de longe, mas corrida é decidida ao sprint

A 16km da meta, Hollmann atacou e conseguiu isolar-se na frente da corrida. Côté acabou por ser alcançado. 10km depois, o alemão tinha apenas 20s de vantagem sobre o pelotão. A 1.6km da meta, Hollmann acabou por ser alcançado. Poucos metros depois, Julien Vermote (Team Visma | Lease a Bike) tentou a sua sorte de longe, mas foi rapidamente alcançado.

Alexander Kristoff e Emilien Jeannière lançaram o sprint final e ambos se colocaram lado a lado. Nos últimos metros, o norueguês conseguiu ser mais forte que o francês para conquistar assim a sua segunda vitória da temporada na Antwerp Port Epic. Arnaud De Lie estava na roda dos dois, mas acabou por ser fechado e mesmo em cima do risco de meta acabou por ser ultrapassado por Oded Kogut que foi assim terceiro.

Per Strand Hagenes conseguiu fazer um excelente sprint para ser 5º. Lander Loockx (Tdt-Unibet) confirmou a boa temporada que está a fazer ao conseguir ser 8º. Pim Ronhaar também fez uma ótima corrida e conseguiu ser 13º. O neerlandês tem se mostrado muito bem na estrada e quem sabe se não consegue um contrato numa equipa pro continental para a próxima temporada.

Pódio Final

Pódio da Antwerp Port Epic com Emilien Jeannière, Alexander Kristoff e Oded Kogut
Pódio da Antwerp Port Epic com Emilien Jeannière, Alexander Kristoff e Oded Kogut

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Foto de Capa: Gregory Van Gansen / Sprint Cycling Agency

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock