Adam Yates conquista o Tour of Oman com vitória na etapa final!

O britânico Adam Yates (UAE Team Emirates) venceu a última etapa do Tour of Oman, uma ligação de 72km entre Samail e Al Fayhaa Resthouse, após protagonizar um grande ataque a 150 metros da meta. O checo Jan Hirt (Soudal Quick-Step) foi segundo a 11s e o neerlandês Huub Artz (Intermarché – Wanty) terceiro a 29s.

Etapa novamente encurtada e uma fuga que não parecia assustar

A organização decidiu novamente encurtar a etapa final do Tour of Oman por causa das condições climatéricas para preservar a segurança dos ciclistas. Mesmo com a etapa encurtada, a subida final à Green Mountain, com 5,7km a 10,5%, manteve-se e prometia estragos na classificação geral.

A jornada começou com diversas tentativas de ataque. Huub Artz, Tobias Lund Andresen (Team dsm-firmenich PostNL), Tord Gudmestad (Uno-X Mobility) e Tegshbayar Batsaikhan (Roojai Insurance) foram os homens que formaram a fuga do dia. A 20km do fim, o quarteto tinha 2:35 de vantagem sobre o pelotão, comandado pela UAE Team Emirates e pela Astana Qazaqstan Team. 8km depois, Batsaikhan foi buscar a pontuação máxima no único sprint intermédio do dia.

Subida final a um ritmo infernal

A 5.7km da meta, o pelotão entrou na subida final a todo o gás. Na frente da corrida, Artz impunha um ritmo alto e Andresen e Gudmestad cederam rapidamente. 1.7km depois, o neerlandês atacou e Batsaikhan não teve capacidade para o seguir. A 3km da meta, Artz tinha cerca de 45s de vantagem sobre o grupo principal. Por entre os favoritos, a UAE Team Emirates impunha um ritmo elevado.

A 2km da meta, Adam Yates aumentou o ritmo em prol de Finn Fisher-Black (UAE Team Emirates). Os dois foram apenas seguidos por Cristian Rodriguez (Arkea – B&B Hotels) e Jan Hirt e Mauri Vansevenant (Soudal Quick-Step). A Astana chegou a controlar o ritmo da etapa para que Anthon Charmig pudesse lutar pela etapa e pela geral. O dinamarquês sofreu um problema mecânico por esta altura e perdeu as suas chances de conseguir um ótimo resultado.

Líder em quebra e mudança de planos na UAE

A cerca de 1.5km da meta, Hirt atacou e foi apenas seguido por Yates. Fisher-Black foi ao seu limite ao seguir o ritmo do seu colega de equipa, e deixou de ter capacidade para seguir ataques. A 1km da meta, Hirt e Yates passaram diretos por Artz. A luta pela etapa era garantidamente entre os dois. 850 metros depois, Yates atacou e Hirt não teve resposta para o ataque do britânico, que se estreou assim a vencer em 2024. Hirt acabou por ser segundo, a 11s. Artz fez uma grande etapa em fuga e foi terceiro, a 29s.

Cristian Rodriguez largou Finn Fisher-Black nos metros finais para ser quarto, a 34s. Diego Ulissi (UAE Team Emirates), a ritmo, ainda passou por Fisher-Black e fechou o top5, a 40s. Fisher-Black pagou caro por ter ido ao choque, mas ainda foi sexto, a 44s. Destacam-se as boas prestações de Johannes Kulset (Uno-X Mobility) e Alexy Faure-Prost (Intermarché – Wanty) que foram 9º, a 1:10, e 11º a 1:13, respetivamente.

Adam Yates é assim o grande vencedor do 13º Tour of Oman, batendo Jan Hirt por 19s e Finn Fisher-Black por 39s. Fisher-Black foi o melhor jovem e venceu a classificação por pontos. Oscar Pelegrí (Burgos – BH) venceu a classificação dos sprints intermédios e a UAE Team Emirates foi a melhor equipa.

Pódio Final

Pódio do Tour of Oman com Jan Hirt, Adam Yates e Finn Fisher-Black
O Pódio do Tour of Oman com Jan Hirt, Adam Yates e Finn Fisher-Black

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Fotos: A.S.O./Oman Cycling Association/Pauline Ballet

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock