Juan Hermosa abre a 33ª Edição do GP do Minho a vencer a partir da fuga!

O espanhol Juan Hermosa (Recambios Callejo) venceu a primeira etapa do Grande Prémio do Minho, uma ligação de 106.2km com partida e chegada em Azurém, batendo ao sprint o argentino Fabricio Crozzolo (Volvo Arregui / Cya / Hegotarrak) e o Campeão de Portugal Tiago Santos (Alcobaça CC / Crédito Agrícola), para se tornar o primeiro líder da corrida!

Começou hoje o Grande Prémio do Minho, que já conta a realização da sua 33ª edição. Entre as equipas estão 27 formações, sendo 14 portuguesas, 12 espanholas e 1 francesa, totalizando um pelotão com 157 atletas de 13 nacionalidades diferentes. A prova rolou-se a alta intensidade, onde foram sempre surgindo ataques, embora os ganhos de tempo tenham sido escassos numa primeira fase. O primeiro sprint intermédio foi ganho por Pablo Zamanillo (Camargo Beko), logo ao km 12.

Pouco depois, Javier Zarzuela (Volvo Arregui / Cya / Hegotarrak) e Aurélien Roux (Occitane) conseguiram isolar-se na frente, chegando a ter 1:30 sobre o pelotão. Ao km 35 deu-se uma grande queda, onde vários corredores acabaram por ficar bastante maltratados. No começo da primeira subida categorizada do dia, formou-se um grupo de 12 ciclistas na frente com Daniel Moreira e José Moreira (Tensai – Sambiental – Santa Marta / Silva & Vinha – ADRAP – Sentir Penafiel), Tiago Santos, Gabriel Baptista (Landeiro | KTM | Matias&Araújo | Frulact), Fabricio Crozzolo, Felipe Chan, Javier Zarzuella e Andrei Carbunarea (Volvo Arregui / Cya / Hegotarrak), Aurelien Roux, Miguel Cunha e David Ferreira (Paredes – Fortunna) e Markel Monasterio (F2 Informatica – SC Amorebieta). No topo, Tiago Santos foi primeiro.

O grupo acabou por perder três unidades durante a subida, rolando já a mais de 20 segundos da dianteira, numa altura em que o pelotão estava 1min atrás, mas Crozzolo conseguiu reentrar e venceu o segundo sprint intermédio, que surgiu a 20km do fim. A fuga seguia com 1:10 sobre o pelotão, que não era capaz de se coordenar em busca dos elementos na dianteira. Depois de a formação da ABTF Betão – Bairrada ter perseguido e esgotado as suas forças, nenhuma equipa quis assumir o pelotão.

No último ponto intermédio do dia, um prémio de montanha de segunda categoria, Tiago Santos voltou a passar na frente, com a fuga a reduzir-se a Daniel e Jos]e Moreira, Tiago Santos, Gabriel Baptista, Fabricio Crozzolo, Andrei Carbunarea e Aurelien Roux, levando já 2min de vantagem sobre o pelotão. O grupo seguiu junto praticamente até ao fim, partindo-se já nos últimos 2km, com quatro elementos a chegarem na dianteira. Juan Hermosa foi o mais forte e bateu Fabricio Crozzolo, Tiago Santos e Daniel Moreira (Tensai – Sambiental – Santa Marta), para conquistar a vitória.

Conquistado o triunfo, Juan Hermosa é o primeiro líder da geral e da classificação por pontos. Tiago Santos lidera a montanha, e Daniel Moreira lidera a juventude e a classificação dos minhotos. A Volvo Arregui / Cya / Hegotarrak lidera coletivamente.

Juan Hermosa é o primeiro líder da corrida!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock