Tiago Leal vence etapa 2 do Troféu Ribeiro da Silva! César Fonte conquista a geral!

Tiago Leal (Rádio Popular – Paredes – Boavista) venceu na tarde deste domingo a segunda e última etapa do Troféu Ribeiro da Silva, uma jornada com 152km com partida e chegada em Lordelo, chegando isolado com uma pequena margem de 4s sobre Francisco Campos (Fonte Nova – Felgueiras) e Pedro Silva (Glassdrive – Q8 – Anicolor). César Fonte (Rádio Popular – Paredes – Boavista) foi 20º a 58s e garantiu a geral da prova por apenas 3s!

A etapa final do Troféu Ribeiro da Silva levou o pelotão a um traçado bastante ondulado, com várias rampas bastante acentuadas e falsos planos, apesar de o dia não contar com qualquer subida categorizada. Na frente, um grupo de sete unidades com João Paulo Silva (Kelly – Simoldes – UDO), Nicolas Saenz e Rui Carvalho (Tavfer – Ovos Matinados – Mortágua), Pedro Pinto (Efapel Cycling), Francisco Pereira (ABTF Betão – Feirense), André Cruz (Aviludo – Louletano – Loulé Concelho) e Francisco Campos formou a fuga do dia, com cerca de 3:30 sobre o pelotão.

Os homens na dianteira disputaram os sprints intermédios do dia, com João Paulo Silva a vencer em Paredes, ao km 53.7, e Francisco Campos em Lordelo, ao km 98. O pelotão aproximou-se dos elementos em fuga, e formou-se uma nova situação de corrida, com 27 ciclistas a tomarem a dianteira de corrida, e a Rádio Popular – Paredes – Boavista a controlar o pelotão, que rodava a 1:00 do grande grupo. Em novo sprint intermédio, ao km 125, Francisco Campos voltou a ser primeiro.

A equipa de Mortágua procurava trabalhar para Leangel Liñarez, que era o melhor elemento na geral na dianteira, mas viu-se surpreendida a 13km do fim, quando Tiago Leal atacou, e no seu encalço seguiram Francisco Campos, Pedro Silva e Pedro Pinto. O homem da Efapel acabou por quebrar e ficar fora da discus~sao, enquanto na frente foi Tiago Leal a conseguir isolar-se para a vitória, dando o segundo triunfo em dois dias à equipa de Paredes. O pelotão cruzou a meta bastante fracionado, depois de alcançar mais de metade dos ciclistas adiantados, com César Fonte a ser 20º, 58s depois.

Com o resultado obtido, o “Imperador” venceu a classificação geral, batendo Leangel Linarez por 3s e Fábio Costa (Glassdrive – Q8 – Anicolor) por 4s. Nas restantes classificações, Francisco Campos venceu por pontos e nos sprints intermédios, André Ramalho (Credibom / LA Alumínios / MarcosCar) na montanha, Pedro Silva foi o melhor jovem, e a Tavfer – Ovos Matinados – Mortágua coletivamente.

César Fonte é o grande vencedor do Troféu Ribeiro da Silva!

Fotos: CM Paredes

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock