Aula da Alpecin-Deceuninck com Hat-Trick de Jasper Philipsen na etapa 7 do Tour de France!

O belga Jasper Philipsen venceu a sétima etapa do Tour de France, uma ligação de 169.9km entre Mont-de-Marsan e Bordeaux, batendo ao sprint o britânico Mark Cavendish (Astana Qazaqstan Team) e o eritreu Biniam Girmay (Intermarché-Circus-Wanty).

A sétima etapa começou com diversas tentativas de ataque com Nelson Oliveira (Movistar Team), Jonas Abrahamsen (Uno-X Pro Cycling Team), Mathieu Burgaudeau (TotalEnergies) e Simon Gugliemi (Team Arkéa-Samsic) a ficaram isoladas na frente da corrida. Poucos metros depois, Abrahamsen tirou pé e foi alcançado pelo pelotão que estava a aproximar-se da frente da corrida. O português Nelson Oliveira também acabou por tirar pé e foi alcançado pelo pelotão. Burgaudeau também decidiu tirar pé e acabou por ser alcançado.

A 82km do fim, no sprint intermédio, Gugliemi foi buscar a pontuação máxima. No pelotão, Biniam Girmay (Intermarché-Circus-Wanty) foi mais forte que Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck) e Bryan Coquard (Cofidis) para ser segundo no sprint intermédio. Gugliemi tinha cerca de 40s de vantagem sobre o pelotão. A 78km do fim, Nans Peters (AG2R Citroen Team) e Pierre Latour (TotalEnergies) atacaram e os dois juntaram-se a Gugliemi na frente da corrida. 18km depois, os três da frente tinham 1:15 de vantagem sobre o pelotão.

A 40km do fim, Gugliemi perdeu o contacto com a frente da corrida e foi alcançado pelo pelotão. 1km depois, na única contagem do dia, Latour foi o primeiro a passar no topo. A 25km da meta, o duo da frente tinha 1:10 de vantagem sobre o pelotão que impunha um ritmo elevado. 19km depois, Peters cedeu e foi alcançado pelo pelotão. Wout Van Aert (Jumbo – Visma) acabou por tirar pé para se poupar para futuras etapas. A cerca de 3.5km da meta, Latour foi alcançado.

Nos últimos kms, a Alpecin-Deceuninck comandava o pelotão. Nos metros finais, Mathieu Van der Poel (Alpecin-Deceuninck) começou a lançar o sprint para Philipsen. Cavendish tentou surpreender com um sprint de longe e Philipsen colocou-se na sua roda. O belga passou o britânico com aparente facilidade para vencer pela terceira vez nesta edição do Tour de France. Girmay completou o pódio. Luca Mozzato (Team Arkéa-Samsic) surpreendeu ao conseguir ser quarto ao sprint. Fabio Jakobsen (Soudal Quick-Step) foi apenas 15º e Caleb Ewan (Lotto Dstny) foi 45º.

Rui Costa (Intermaché-Circus-Wanty) foi 70º com o mesmo tempo do vencedor. Nelson Oliveira e Rúben Guerreiro (Movistar Team) tiraram pé para se poupar para futuras etapas e foram 102º a 57s e 107º a 1:32, respetivamente.

Jonas Vingegaard (Jumbo – Visma) segue líder da classificação geral. Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) segue o melhor jovem e Neilson Powless (EF Education-EasyPost) manteve a liderança da classificação da montanha. Jasper Philipsen aumentou a sua vantagem na classificação por pontos. Simon Gugliemi foi o combativo do dia.

Jonas Vingegaard manteve a Camisola Amarela

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Classificação do Passatempo

Fotos: Le Tour de France

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock