Jason Tesson conquista a segunda etapa da Route d’Occitanie! Van den Berg segue líder!

O francês Jason Tesson (TotalEnergies) venceu a segunda etapa da Route de Occitanie, uma ligação de 182km entre Cazouls-Lès-Béziers e Graulhet, após ter batido ao sprint o neozelandês Corbin Strong (Israel – Premier Tech) e o italiano Elia Viviani (INEOS Grenadiers)! O neerlandês Marijn van den Berg (EF Education – EasyPost) foi 12º, mas segue na liderança da geral!

A etapa 2 da Route d’Occitanie começou por ser bastante atacada, formando-se desde o início a fuga do dia com 4 ciclistas, Thomas Boudat (Van Rysel – Roubaix Lille Métropole), Carlos Garcia Pierna (Equipo Kern Pharma), Enzo Boulet (CIC U Nantes Atlantique) e Andrea Mifsud (Nice Métropole Côte d’Azur). Poucos kms depois, alguns ciclistas tentaram fazer a ponte para a frente de corrida, mas sem sucesso.

Garcia Pierna esteve sozinho na frente por mais de 80km! (Foto: Sarah Beziane/DirectVelo)

Na subida ao Col de Frontfroide, a primeira contagem de montanha do dia, faltando ainda 135km para o fim, Garcia Pierna acelerava e escapa do grupo da frente ganhando alguma vantagem. O espanhol foi primeiro e construiu uma vantagem bsatante difícil de fechar, ganhando 3min de vantagem sobre os companheiros de fuga e pouco mais de 6min sobre o pelotão.

Na segunda contagem de montanha do dia, no Col du Montalet, o espanhol Garcia Pierna passou tranquilamente na frente, continuando a solo com alguma tranquilidade perante os 110km que ainda tinha por percorrer. A 99km do final, o pelotão acelerava, com Garcia Pierna com ainda mais de 6min de vantagem e os colegas de fuga tendo já sido apanhados. No Côte de Ganoubre à La Glévade, a terceira e última contagem de montanha do dia, a 73km do fim, o espanhol voltava a passar à frente de todos, com um pouco mais de 3min de vantagem sobre o pelotão.

A 51km do fim, Garcia Pierna era apanhado pela fuga, graças ao trabalho da EF Education – EasyPost no pelotão. Em Réalmont, no primeiro sprint intermédio do dia, era Adne Holter (Uno-X Pro Cycling Team) quem passava na frente. Pouco depois Larry Valvasori (Nice Métropole Côte d’Azur) atacou e escapou ao pelotão, ganhando uma pequena vantagem. O luxemburguês acabou por ser apanhado um pouco antes do último sprint intermédio do dia, na primeira passagem pela meta em Graulhet, a pouco mais de 25km do fim, onde Benoît Cosnefroy (AG2R Citröen Team) passava à frente de todos.

Jean-Louis Le Ny (Nice Métropole Côte d’Azur), atacou um pouco depois, ganhando alguma vantagem sobre o pelotão, mas foi a apanhado a 13km do final. Para preparar a luta ao sprint, a Arkéa – Samsic e a INEOS Grenadiers assumiam o comando do pelotão a 4km da meta, com a TotalEnergies a juntar-se a 2km do fim, de modo a levarem os seus sprinters à vitória. No final Jason Tesson foi o mais forte e conquistou a terceira vitória do ano, enquanto o líder da geral não foi capaz de se colocar no top10.

O português Ruben Guerreiro (Movistar) foi 23º com o mesmo tempo do vencedor, estando agora em 35º na classificação geral, a 54s de van Den Berg.

Após o dia de hoje, Marijn van Den Berg manteve-se como líder da classificação geral e da classificação da juventude, Corbin Strong é agora líder da classificação por pontos, Garcia Pierna é o novo líder da montanha e a Israel – Premier Tech comanda por equipas!

Marijn van den Berg segue no comando da geral!

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Fotos: Nicolas Mabyle/DirectVelo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock