Alpecin – Deceuninck domina Antwerp Port Epic com triunfo de Dries de Bondt!

O belga Dries de Bondt (Alpecin – Deceuninck) venceu a Antwerp Port Epic, após ter atacado a 8km do fim, sem resposta dos adversários! De Bondt chegou sozinho e venceu com uma vantagem de 16s para os seus companheiros de equipa, Timo Kielich e Quinten Hermans, que levaram a melhor no sprint do grupo perseguidor, sendo segundo e terceiro, respetivamente.

Com partida e chegada em Antuérpia, a Antwerp Port Epic desenrolou-se por 182.1km com 42 setores de empedrado e gravel. A fuga do dia formou-se nos primeiros kms com Jacob Scott (Bolton Equities Black Spoke), Kane Richards (ARA | Skip Capital), Frederik Muff e Bjorn Frederik Sørensen (Team Coloquick). O contra-ataque surgiu nos primeiros setores, incluindo Gianni Vermeersch (Alpecin – Deceuninck), o Campeão Mundial de Gravel, e Tom van Asbroeck (Israel – Premier Tech), mas o pelotão não os deixou fugir.

Na resposta, Florian Vermeersch (Lotto Dstny), vencedor em 2022, atacou e gerou um novo movimento de 14 unidades, que acabou por alcançar os homens escapados. Com ele seguiam grandes nomes como Dries van Gestel (TotalEnergies) e o próprio van Asbroeck, mas também grande parte da Alpecin – Deceuninck, novamente com Gianni Vermeersch, mas agora também com Dries de Bondt, Quinten Hermans, Timo Kielich e Samuel Gaze.

A Alpecin jogou com a superioridade e começou a atacar por várias vezes, até resultar uma nova situação de corrida, com de Bondt a escapar a 40km do fim com Sander de Pestel (Team Flanders – Baloise) e Thomas Bonnet (TotalEnergies). Os três ganharam espaço sobre a concorrência, mas a 25km do fim recebiam a companhia de Kielich, Hermans e Florian Vermeersch, com a Alpecin a ficar com clara superioridade no grupo.

Timo Kielich e Quinten Hermans (Alpecin – Deceuninck) chegam juntos à meta, alcançando os segundo e terceiro lugares do pódio

A cooperação permitiu que o grupo conseguisse aumentar a sua vantagem para os treze perseguidores, num grupo que foi perdendo elementos nesta fase final. As diferenças nunca foram muitas, mas tudo se decidiu a  8km do fim, quando De Bondt atacou sem resposta e abriu rapidamente uma vantagem de 20s perante a apatia dos adversários. Os contra-ataques surgiram, mas nunca tiveram efeito, já que os dois homens da Alpecin fecharam todas as tentativas. Com os colegas de equipa a cobrir as investidas, De Bondt só parou quando levantou os braços na meta, conquistando assim a sua primeira vitória do ano. O grupo perseguidor chegou 16s depois, e viu a Alpecin levar a melhor, com Kielich e Hermans a aproveitarem o desgaste superior dos adversários para fazer um pódio completamente Alpecin – Deceuninck. O grupo que seguia atrás destes chegou a 26s, com Nicklas Pedersen (Team Coloquick) a vencer o sprint pelo sétimo posto.

Pódio Final

O Pódio Final com Timo Kielich, Dries de Bondt e Quinten Hermans (da esquerda para a direita)

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock