Christophe Laporte vence Dwars door Vlaanderen e acentua domínio da Jumbo – Visma!

O francês Christophe Laporte (Jumbo – Visma) venceu a Dwars door Vlaanderen, clássica com 184.5km entre Roeselare e Waregem, com um ataque nos 5km finais, completando assim a terceira vitória consecutiva em clássicas WT para a equipa e a segunda a título individual. A completar o pódio, o espanhol Oier Lazkano (Movistar Team) foi segundo, após uma corrida inteira na fuga, e o americano Neilson Powless (EF Education – EasyPost) terceiro, ambos a 15 segundos do vencedor.

A 78ª Dwars door Vlaanderen começou com vários ataques logo desde o inicio, alguns sem sucesso, mas a fuga do dia só se estabeleceu nos primeiros 20km com Alexander Kristoff (Uno-X Pro Cycling Team), de forma surpreendente, e também Oier Lazkano, Leon Heinschke (Team DSM), Yevgeniy Gidich (Astana Qazaqstan Team), Nickolas Zukowsky (Q36.5 Pro Cycling Team) e Ward Vanhoof (Team Flanders – Baloise).

A fuga do dia com Oier Lazkano e Alexander Kristoff em destaque (Foto: Tim de Waele/Getty Images)

A corrida não teve mexidas importantes até a 86km do fim, onde Lewis Askey (Groupama – FDJ) atacou, mas sem sucesso algum, sendo apanhado a 7km depois com uma aceleração de Tim Wellens (UAE Team Emirates) 2km antes. Neste momento começaram a acontecer as quedas, com Magnus Sheffield (INEOS Grenadiers), Lawrence Naesen (AG2R Citroen Team), Stefan Bissegger (EF Education – EasyPost), e Ryan Gibbons (UAE Team Emirates) a serem vítimas, assim com Tim Merlier (Soudal Quick-Step), que acabou por abandonar.

Depois da queda de Tim Merlier, foi apanhado pelo pelotão um dos fugitivos, Yevgeniy Gidich, e pouco depois deu-se o clássico duelo Jumbo – Visma vs Alpecin – Deuceninck. A 65km do fim as duas equipas conseguiram ter uma pequena vantagem sobre o pelotão, num grupo constituído por Christophe Laporte e Tiesj Benoot (Jumbo – Visma), Jasper Philipsen e Quinten Hermans (Alpecin – Deceuninck), formado após um ataque por parte de Benoot. 2km depois deste ataque seguiram-se várias mexidas no pelotão, com Tom Pidcock (INEOS Grenadiers) inicialmente e Pascal Eenkhoorn (Lotto Dstny) pouco depois, mas quem fez o trabalho para o pelotão apanhar os quatro foi Krists Neilands (Israel – Premier Tech), a 56km do fim. No muro de Knokteberg, a 55km do fim, Benoot voltou a atacar e desta vez com sucesso, sendo seguido por mais gente, formando um pequeno grupo constituído com Laporte, Hermans, Jhonatan Narváez (INEOS Grenadiers), Stefan Kung e Valentin Madouas (Groupama – FDJ), Neilson Powless e Mikkel Honoré (EF Education – EasyPost). Matteo Trentin (UAE Team Emirates) tentou fazer a ponte para este grupo, mas não obteve sucesso.

Na subida a Laudeze, a 25km do fim, Vanhoof e Heinschke já estavam distanciados de Lazkano e Kristoff, que não desistiam e continuavam a acelerar para manter a distância para quem os perseguia. Apesar da tentativa de distanciamento, o grupo perseguidor conseguiu alcançá-los com 6.5km pela frente, apesar de não ter sido nada fácil fechar o espaço. Vários ataques se seguiram, principalmente por Honoré, mas nenhum obteve sucesso. Durante estes ataques a Jumbo – Visma indicava que quem iria atacar ia ser Benoot, mas quem atacou foi Laporte, a 4.5km do fim, sem qualquer resposta, em mais uma aula da equipa neerlandesa, fechando assim a 2ª vitória seguida de Laporte, após ter vencido a Gent – Wevelgem no domingo.

Lazkano a levar a melhor sobre o grupo que vinha atrás de Laporte na luta pelo segundo lugar (Foto: Tim de Waele/Getty Images)

Para completar o pódio , quem levou a melhor no grupo que vinha atrás do francês foi o espanhol Lazkano, em mais uma excelente exibição da Movistar Team, que mesmo sem ter o ciclista favorito ou a melhor equipa, conseguiu obter um bom resultado. Em terceiro ficou o americano Powless, resistindo também ao grupo maior na luta pelo terceiro posto.

O Pódio Final

O Pódio da Dwars Door Vlaanderen com Oier Lazkano – Christophe Laporte – Neilson Powless (Foto: Gregory Van Gansen/PN/SprintCyclingAgency©2023)

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Foto de Capa: Jumbo – Visma

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock