Angel Sanchez vence a solo e GP Mortágua – Pedro Silva fica em casa!

O espanhol Angel Sanchez (Tavfer – Mortágua – Ovos Matinados) venceu o GP Mortágua – Pedro Silva, clássica de homenagem ao diretor desportivo da equipa, falecido há precisamente um ano atrás. Sanchez chegou a solo após 144km de corrida, batendo o uruguaio Antonio Fagundez (Aluminios Cortizo) por 52s, com Bruno Silva e Gonçalo Carvalho (Tavfer – Mortágua – Ovos Matinados) a serem terceiro e quarto, a 1:24.

A corrida foi atacada desde o km inicial, com o pelotão a percorrer por três vezes um circuito local de 48km. Um grupo de 35 ciclistas isolou-se durante a primeira volta e foi entre eles que tudo se acabou por decidir. Durante a segunda volta, 12 desses 35 ciclistas conseguiram escapar e também acabaram por não ser mais alcançados. Na última volta, Angel Sanchez atacou sem resposta, ganhou 1:00 sobre o grupo perseguidor, e a partir daí foi gerir até à meta.

Perante o ataque demolidor do espanhol, a resposta tardia surgiu pelo urugaio Antonio Fagundez, que também sem resposta se colocou em posição intermédia. A Tavfer aproveitou a vantagem numérica e voltou a mexer, com Bruno Silva e Gonçalo Carvalho a ganharem algum terreno e a chegarem juntos à meta, na terceira e quarta posição, com o estadunidense Barry Miller (Almodovar – Delta Cafés) logo atrás, gastando mais 9s que a dupla para completar o top5 do dia.

Graças ao elevado calor e ao corte que aconteceu na primeira volta, 20 ciclistas acabaram por chegar já fora de controlo, enquanto 61 não terminaram a corrida.

O Pódio do Dia

Pódio com António Fagundez – Angel Sanchez – Bruno Silva (da esquerda para a direita)

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock