Marianne Vos conquista a sua 32ª vitória no Giro Donne!

A neerlandesa Marianne Vos (Jumbo – Visma) venceu a sexta etapa do Giro d’Italia Donne, uma ligação de 118.2km entre Sarnico e Bergamo, batendo ao sprint a belga Lotte Kopecky (Team SD Worx) e a italiana Silvia Persico (Valcar – Travel & Service).

A sexta etapa começou com um ritmo alto. A 101km do fim, na primeira contagem do dia, Elise Chabbey (Canyon // SRAM Racing) foi a primeira a passar no alto. 18km depois, na segunda contagem do dia, Chabbey voltou a ser a mais forte e foi a primeira a passar no alto. A 66km do fim, na terceira contagem do dia, o pelotão aumentou o ritmo e ficou esticado. Logo a seguir, Chabbey foi a primeira a passar no topo.

A 57km do fim, Francesca Pisciali (Team Mendelspeck) atacou e ficou isolada na frente da corrida. 8km depois, Pisciali foi alcançada pelo pelotão. A 46km do fim, na quarta contagem do dia, Chabbey foi a primeira a passar no topo. Logo a seguir, Lucinda Brand (Trek – Segafredo) atacou e a neerlandesa foi seguida por Kristen Faulkner (Team BikeExchange – Jayco). As duas ficaram isoladas na frente da corrida com uma pequena vantagem sobre o pelotão que impunha um ritmo elevado.

A 40km do fim, as duas da frente foram alcançadas pelo pelotão. Logo a seguir, Alessia Vigilia (Top Girls Fassa Bortolo) atacou e ficou isolada na frente da corrida. A 37km do fim, Marketa Hájková (BePink) e Eukene Larrarte (Bizkaia Durango) saíram do pelotão e perseguiam Vigilia. 5km depois, Vigilia tinha 23s de vantagem sobre as duas perseguidoras e 1:05 sobre o pelotão. A 28km do fim, Hájkova, Larrarte e Vigilia foram alcançadas pelo pelotão.

A 28km do fim, na última contagem do dia, Annemiek Van Vleuten (Movistar Team) foi a primeira a passar no alto. 3km depois, Juliette Labous (Team DSM), Faulkner, Niamh Fisher-Black (Team SD Worx) e Anouska Koster (Jumbo – Visma) atacaram e ficaram isoladas na frente da corrida com 11s de vantagem sobre o pelotão. A 22km do fim, as quatro da frente foram alcançadas pelo pelotão. 2km depois, Victoire Berteau (Cofidis Women Team) atacou e ficou isolada na frente da corrida.

A 15km da meta, Berteau tinha 49s de vantagem sobre o pelotão que era comandado pela Jumbo – Visma. 2km depois, Giorgia Bariani (Top Girls Fassa Bortolo) saiu do pelotão e tentava chegar a Berteau. A 10km da meta, Berteau tinha 29s de vantagem sobre Bariani e 59s sobre o pelotão que era comandado pela Jumbo – Visma e pela Team BikeExchange – Jayco. A 5km da meta, Bariani foi alcançada pelo pelotão. 1km depois, Berteau foi alcançada pelo pelotão.

A 3.8km da meta, uma queda aconteceu no pelotão e Vleuten ficou lá presa mas a Maglia Rosa conseguiu continuar. 400 metros depois, Elisa Longo Borghini (Trek – Segafredo) atacou e a italiana foi seguida por Vos e Mavi Garcia (UAE Team ADQ). A 2.9km da meta, as três da frente tinham 8s de vantagem sobre o grupo perseguidor que era comandado por Vleuten que vinha a fazer uma grande recuperação após ter ficado presa na queda.

A 1.2km da meta, Vleuten, Persico, Kopecky, Fisher-Black, Faulkner, Amanda Spratt (Team BikeExchange – Jayco), Marta Cavalli e Cecilie Uttrup Ludwig (FDJ – Nouvelle Aquitaine – Futuroscope) alcançaram as três da frente. Nos metros finais, Faulkner tentou surpreender de longe mas Vos fechou o espaço. No sprint final, Vos não deu hipótese e venceu a sexta etapa do Giro Donne. Kopecky e Persico completaram o pódio.

Vleuten manteve a liderança da classificação geral. Chabbey é a nova líder da classificação da montanha e Vos é a nova líder da classificação por pontos. Fisher-Black manteve a liderança da juventude.

Classificações

Results powered by FirstCycling.com

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock