1, 2, 3 para a SD Worx e o arco-íris a aparecer em Prato Nevoso!

A Campeã Mundial Anna van der Breggen (Team SD Worx) conquistou a segunda etapa do Giro d’Itália Donne, uma ligação de 100km entre Boves e a contagem de primeira categoria do Prato Nevoso, consagrando uma excelente exibição da sua equipa, que conseguiu incrivelmente fazer o pódio da etapa. A sul-africana Ashleigh Moolman-Pasio foi segunda, a 1:22 e a holandesa Demi Vollering terceira, a 1:51, espelhando todo o domínio da equipa durante o dia.

O ritmo da etapa foi sempre bastante rápido, e nenhuma fuga se conseguiu formar até à chegada da primeira contagem de montanha do dia, o Colle del Morte, ao km 65. Elise Chabbey (Canyon // SRAM Racing), Kathrin Hammes (Ceratizit – WNT Pro Cycling), Sofia Bertizzolo (Liv Racing) e Coryn Rivera (Team DSM) atacaram no topo da subida e ganharam alguma vantagem ao pelotão, formando assim a única escapada digna de registo do dia. Com 22km para a meta, a vantagem do quarteto era de 40s, mas rapidamente foi absorvido com o início da subida a Prato Nevoso, a 13km da chegada.

A Trek – Segafredo assumiu o controlo do pelotão nas rampas iniciais, com a líder da geral, Ruth Winder, a sacrificar-se e a assumir o pelotão para as suas líderes. A 10km da chegada foi a líder da juventude, Niamh Fisher-Black (Team SD Worx), a lançar um forte ataque, que foi seguido pela italiana Erica Magnaldi (Ceratizit – WNT Pro Cycling). O duo ainda teve 20s de vantagem, mas foi já com Moolman-Pasio ao controlo do pelotão que a vantagem se dissipou e elas foram alcançadas a 8km da meta.

O ritmo de Pasio tinha já partido grande parte do grupo, inclusive as super candidatas Elisa Longo Borghini (Trek – Segafredo) e Cecilie Uttrup Ludwig (FDJ Nouvelle – Aquitaine Futuroscope) que tiveram um dia para esquecer. O grupo era já de apenas 15 unidades, e com pouco mais de 6km para a meta, van der Breggen disparou a flecha decisiva. A Campeã Mundial atacou, sem que alguma das adversárias a conseguisse acompanhar, e cavalgou progressivamente para a vitória de etapa, ganhando sempre tempo e espaço para toda a gente.

A sul-africana, mesmo já com o trabalho prévio, conseguiu pouco depois isolar-se à frente das restantes adversárias, e colocou-se em posição intermédia, sem nunca conseguir ganhar tempo à sua líder, Breggen. Logo atrás seguiam Vollering, Marta Cavalli (FDJ Nouvelle – Aquitaine Futuroscope), Mavi García (Alé BTC Ljubljana), Magnaldi, Gaia Realini (Isolmant – Premac – Vittoria), e Amanda Spratt (Team BikeExchange), com poucos segundos de atraso, mas também este grupo se partiu com o aproximar da chegada. Vollering atacou, inicialmente sem resposta, mas Cavalli conseguiu ainda alcançar a jovem holandesa. As duas seguiram juntas até à meta, mas foi Vollering que acabou por vencer o sprint para fechar a jornada na terceira posição e dar o top3 por completo à SD Worx.

Com a vitória nesta segunda etapa, Breggen é a nova líder da classificação geral, da montanha e dos pontos, enquanto Fisher-Black mantém a liderança da juventude.

Anna van der Breggen é a nova líder deste Giro d’Itália Donne.

Classificações Completas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock