Uma oportunidade única para os velocistas!

O austríaco Lukas Postlberger (Bora – Hansgrohe) triunfou ontem no segundo dia de Criterium du Dauphiné e subiu à liderança da classificação geral após um esforço hercúleo e mais de 160km na fuga do dia, a qual atacou em descida, até se isolar do neozelandês Shane Archbold (Deceuninck – QuickStep) e gerir uma vantagem de 2:30 para um pelotão sedento de ataques e triunfar num final emocionante em que a incerteza reinou até ao último km.

Postlberger parte hoje de amarelo, numa etapa que não deverá apresentar dificuldades de maior. Serão 172.5km que irão ligar Langeac a Saint-Haon-Le-Vieux, naquele que parece ser o único dia capaz de não eliminar cedo os principais velocistas deste pelotão. A primeira metade da etapa terá ainda assim alguma dureza, com um começo em subida não categorizada e a primeira contagem a surgir ao km 29.5, com a quarta categoria do Côte d’Allègre. Após uma zona de planalto, em que o pelotão cruzará também o sprint intermédio de Viverols, ao km 66, teremos a última contagem de montanha do dia, uma terceira categoria no Col des Limites, ao km 84. A descida que se sucede será longa, com cerca de 15km, e depois até à meta o percurso é praticamente sempre plano. O final é traiçoeiro, e apresenta uma ligeira inclinação nos últimos 2km, sendo que o último apresenta cerca de 4% de pendente média, com os últimos 500m a serem um pouco mais complicados que os 500m anteriores. A possibilidade de ataques é forte e quem sabe se não teremos uma surpresa à chegada.

Perfil da Etapa 3 do Criterium du Dauphine

Favoritos

Se os dois primeiros dias foram bastante complicados de ultrapassar, hoje pode ser o momento da oportunidade que Mads Pedersen (Trek – Segafredo) procura nesta corrida. O dinamarquês tem uma ponta final cada vez mais reconhecida e poderá hoje superar os restantes adversários naquela que será talvez a sua única oportunidade de triunfar na antecâmara do Tour de France. Com Jasper Stuyven e Ryan Mullen no seu auxílio, Pedersen é o maior candidato à vitória no dia de hoje e depois disso até poderá, quem sabe, abandonar para se preparar para os próximos objetivos da temporada.

(Mads Pedersen entretanto abandonou, mas a preview já estava preparada).

Como principal adversário, Pedersen terá pela frente o líder da classificação por pontos, o italiano Sonny Colbrelli (Bahrain Victorious), que já mostrou por 2x que está em grande forma e quer a todo o custo levar uma etapa para casa. O francês Clement Venturini (AG2R Citroen Team) será também um forte candidato, e já mostrou também gostar destas inclinações mais curtas, onde pode explodir graças à sua estatura favorável relativamente aos adversários.

A Deceuninck – Quick Step tem uma forte oportunidade de triunfar também com Florian Senechal, e o francês quererá certamente deixar a sua marca na corrida e marcar a sua posição na equipa com mais uma vitória importante. Na UAE Emirates, Alexander Kristoff tem também uma chance de discutir um bom resultado hoje e se conquistasse uma vitória embalaria certamente em motivação para o Tour de France. O jovem Kaden Groves tem também uma forte hipótese de conquistar um bom resultado e começar a sua marcar a sua presença no pelotão World Tour e também ele gosta de pequenas inclinações.

Apesar de ser o mais provável lançador de Pedersen, Jasper Stuyven pode também ser um forte candidato a discutir a vitória, caso o dinamarquês não consiga acompanhar o ritmo dos melhores. Oliver Naesen será certamente também um dos homens rápidos no auxílio a Venturini e não deverá ter dificuldade em fechar no top10. Clement Russo é um nome em ascensão e hoje é um forte candidato a surpreender os principais nomes com a grande forma em que se encontra. Alex Aranburu poderá surpreender também e já mostrou estar em bom nível, mas em termos de posicionamento não tem conseguido estar tão bem.

Quem irá levar a melhor e conquistar a terceira etapa?

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Mads Pedersen
⭐⭐⭐⭐ Sonny Colbrelli e Clement Venturini
⭐⭐⭐ Florian Senechal, Alexander Kristoff e Kaden Groves
⭐⭐ Jasper Stuyven, Oliver Naesen, Clement Russo e Alex Aranburu
⭐ Carlos Barbero, Timo Roosen, Jose Joaquin Rojas, Greg van Avermaet e Mads Wurtz Schmidt
Outsiders: Alejandro Valverde e Tim Wellens

Portugueses Presentes

Ivo Oliveira (UAE Team Emirates) é o único representante português, e deverá estar mais um dia ao serviço dos seus líderes. O português corre com o dorsal 137.

Transmissão em Direto

Podes acompanhar a etapa em direto na Eurosport 2, a partir das 13h20 de Portugal Continental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock