Um monstro de 20 km para decidir a Volta à Romandia!

Disputa-se hoje a 4ª e penúltima etapa do Tour de Romandie, naquela que será a jornada rainha da competição, com uma ligação de 161.3 km, entre Sion e Thyon, a estância de ski nos Alpes suíços. Esta decisiva tirada irá incluir duas subidas de 1ª categoria e ainda a ascensão final de categoria especial, um monstro de 20.7 km e 7.6 % de inclinação média, coincidente com a meta! Apesar de haver ainda um contrarrelógio amanhã, esta será uma tirada que deverá definir bastante bem a geral final da prova suíça.

Perfil da 4ª etapa do Tour de Romandie

Entre os principais favoritos estão, claro, os homens da Ineos, mas existe um ciclista que andará certamente ligado à corrente nesta etapa e que será o nosso candidato nº 1 à etapa: Sepp Kuss. O norte-americano da Jumbo-Visma já mostrou diversas vezes ser um dos melhores do mundo em longos desafios montanhosos e, com a falta de trepadores para controlar a corrida na Ineos e mesmo noutras equipas, Kuss pode capitalizar a sua forma, arrancando sozinho para o triunfo.

Os grandes rivais de Kuss serão, com toda a certeza, os dois líderes da Ineos, Geraint Thomas e Richie Porte. Se o australiano tem parecido a espaços o homem em melhor forma, na etapa de ontem teve de trabalhar para o galês, o que deixa antever um pouco do que se poderá passar no dia de hoje.

O lote de bons trepadores deste pelotão é bastante extenso, pelo que muitos corredores poderão estar na luta pela etapa e pela geral, em particular: Michael Woods, Miguel Angel Lopez, Clement Champoussin, Fausto Masnada, Ben O’Connor, Jack Haig, Ilan van Wilder, Wilco Kelderman, Kenny Elissonde, Lucas Hamilton, Ion Izagirre, Matteo Badilatti, Sebastien Reichenbach, Marc Soler, Marc Hirschi, Damiano Caruso, Mattia Cattaneo, Hermann Pernsteiner, Louis Meintjes, Steven Kruijswijk, Jesus Herrada, sem esquecer também Rui Costa, embora o campeão português vá ter uma etapa que não é muito ao seu estilo, tendo muito provavelmente que auxiliar Marc Hirschi.

A liderança está nos ombros de Marc Soler, da Movistar, mas será muito complicado para o espanhol mantê-la, ele que não tem tido as melhores referências nos mais difíceis desafios de montanha. A vitória de ontem poderá, no entanto, dar-lhe motivação e uma força extra para o enorme esforço que todos irão despender nesta jornada. Mesmo que consiga chegar entre os melhores, Soler terá muita dificuldade em lutar pela vitória da Volta à Romandia no contrarrelógio do último dia, em especial contra os Ineos, pelo que a única hipótese do líder da competição será tentar ganhar algum tempo nesta difícil chegada.

Favoritos Ciclismo Mundial:

⭐⭐⭐⭐⭐ Sepp Kuss

⭐⭐⭐⭐ Geraint Thomas e Richie Porte

⭐⭐⭐ Michael Woods, Miguel Angel Lopez, e Clement Chapoussin

⭐⭐ Fausto Masnada, Ben O’Connor, Jack Haig, e Ilan van Wilder

⭐ Wilco Kelderman, Kenny Elisonde, Lucas Hamilton, Ion Izagirre, Matteo Badilatti, Sebastien Reichenbach, Marc Soler, Marc Hirschi, Damiano Caruso, Mattia Cattaneo, Hermann Pernsteiner, Louis Meintjes, Steven Kruijswijk, Jesus Herrada, e Rui Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock