Um duro teste para João Almeida na etapa mais longa da primeira semana!

Arnaud Demare (Groupama – FDJ) venceu a quarta etapa do Giro d’Itália, num belo sprint em Villafranca Tirrena, com João Almeida a alargar a sua vantagem na classificação geral, devido à bonificação conquistada no sprint intermédio bonificado do dia, em que Caicedo não foi capaz de conquistar nenhum segundo.

A etapa de hoje irá ligar Mileto a Camigliatello Silano, numa extensão de 225km, com duas terceira categorias a meio da etapa, e uma longa primeira categoria a 11.6km da chegada, que poderá fazer diferenças na luta pela classificação geral.

O percurso irá ser em constantes altos e baixos, algo que também já é normal acontecer por terras italianas, e com toda a extensão da etapa, mais as deslocações que as equipas tiveram de fazer para o continente italiano, irá certamente ser um dia difícil para todo o pelotão, e irá colocar os candidatos à geral à prova.

A subida decisiva irá começar ao km 189.2, e irá até ao km 213.4, com 24.2km de extensão, apresentando uma pendente média de 5.6%. A primeira fase da subida será também a mais fácil, com a entrada no km 10.5 a marcar a fase mais dura da subida, com 500m acima dos 10%, uma ligeira descida, e depois 1.5km a 11.6% de pendente média, com rampas a 18% de pendente. A fase final da subida será mais constante, com 6.2% de pendente média, numa parte que poderá assentar bem ao português que lidera a classificação geral! A fase final em descida poderá assentar ao italiano Vincenzo Nibali, que poderá atacar e ganhar tempo aos restantes, já que gosta e tem a técnica para descer melhor que os adversários.

Perfil da Quinta Etapa

Analisando a única etapa de montanha desta edição, colocamos Vincenzo Nibali como o principal favorito, ele que poderá utilizar as suas capacidades como descedor, e ganhar vantagem aos adversários num dia longo e importante para os favoritos. Jakob Fuglsang poderá ser o seu principal adversário, assim como o líder, o português João Almeida que tem também uma boa ponta final e uma segunda metade de subida que assenta nas suas características. Wilco Kelderman será também um nome a ter em conta, ele que parece estar em muito boa forma, e tem também boa capacidade para sprintar. Rafal Majka e Steven Kruijswijk serão os nomes que também deverão estar na luta e poderão garantir posições no top5 da etapa.

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Vincenzo Nibali
⭐⭐⭐⭐ Jakob Fuglsang e João Almeida
⭐⭐⭐ Wilco Kelderman, Rafal Majka e Steve Kruijswijk
⭐⭐ Domenico Pozzovivo, Harm Vanhoucke, Pello Bilbao e Patrick Konrad
⭐ Valerio Conti, Hector Carretero, Carl Fredrik Hagen, Brandon McNulty e Tao Geoghegan Hart

Podes acompanhar a etapa em direto na Eurosport 2!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock