Sagan em recuperação ou a QuickStep vai defender Bennett? – TdF20 S14

Daniel Martínez conquistou ontem a sua primeira vitória de sempre no Tour de France, batendo em inferioridade numérica a Bora – Hansgrohe com Lennard Kamna e Maximilian Schachmann. Na luta pela geral foram os eslovenos a ganhar o dia, com Primoz Roglic e Tadej Pogacar a ganharem tempo para todos os restantes adversários. Romain Bardet teve uma queda, com Nairo Quintana e Bauke Mollema, e se o holandês já havia seguido para casa, o francês também não vai partir hoje, depois de os exames detetarem uma concussão cerebral.

A etapa de hoje irá ligar Clermont – Ferrand a Lyon, numa extensão de 194km com cinco contagens de montanha. Os primeiros 25km serão praticamente planos, com 2 rampas a aparecerem pouco depois, a segunda das quais categorizada em quarta categoria, com 1km a 8.4%, e o topo ao km 32. O sprint intermédio está posicionado logo a seguir, ao km 38 na localidade de Courpiere, e promete uma batalha na primeira hora entre a Bora e a QuickStep, na primeira tentativa de ganhar ou não perder pontos na luta pela classificação da regularidade.

Seguir-se-ão cerca de 25km de subida, com uma dura entrada em Augerolle, seguidos de 11.5km em subida com pouca pendente, engatando de seguida na única segunda categoria do dia, com 10.2km a 5.6%, o Col du Beal, com o seu topo ao km 68.5, naquela que é a maior dificuldade do dia. Feita a descida os ciclistas passarão rapidamente à terceira contagem do dia, o Côte de Courreau, uma terceira categoria com 4km a 5.7%, e o seu alto ao km 93.

Depois disso o pelotão passará por nova descida e 16km em plano, antes de entrarem em nova subida não categorizada até ao km 150, ainda que com pouca pendente, a 4 ou 5%. Uma longa descida até ao km 179 irá levar o pelotão à fase final da etapa, com duas rampas nos 10kms finais, o Côte de la Duchere, com 1.4km a 5.6%, ao km 184.5, e o Côte de la Croix – Rousse, com 1.4km a 4.8% e o seu topo ao km 189.5, com os ciclistas a descerem depois para a meta para discutirem a vitória de etapa.

Perfil da Décima Quarta Etapa

Pelo perfil da etapa poderemos e deveremos ter um dia muito atacado, com Peter Sagan a querer atacar a camisola verde e a ser o principal favorito para um dia que deverá ser demasiado duro para Sam Bennett. Como maiores adversários para o eslovaco estão Wout van Aert e Matteo Trentin. O belga da Jumbo dispensa apresentações e pode finalmente chegar ao hat-trick nesta edição do Tour. Já Trentin tem um dia em que pode discutir a vitória, caso consigar passar todas estas subidas do dia. Caso fique curto para ele, a CCC deverá tentar vencer com Greg van Avermaet. Julian Alaphilippe é também um nome a ter em conta, com o francês a poder atacar para roubar pontos a Sagan e assim conquistar mais uma vitória de etapa. Atenção também à Mitchelton – Scott que tem Luka Mezgec e Daryl Impey como duas armas com capacidade de discutir a vitória na etapa de hoje.

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Peter Sagan
⭐⭐⭐⭐ Wout van Aert e Matteo Trentin
⭐⭐⭐ Julian Alaphilippe, Luka Mezgec e Greg van Avermaet
⭐⭐ Daryl Impey, Clement Venturini, Matej Mohoric e Jasper Stuyven
⭐ Oliver Naesen, Bryan Coquard, Soren Kragh Andersen, Edvald Boasson Hagen e Sergio Higuita

Podes acompanhar a etapa na íntegra em direto na Eurosport, ou então a partir das 15h na RTP2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock