Quem vai atacar a liderança de Roglic? – TdF20 S13

Marc Hirschi (Team Sunweb) conquistou ontem a tão desejada vitória neste Tour de France, depois de já ter sido segundo, e terceiro, num Tour em que está a mostrar toda a sua qualidade e capacidade em cima da bicicleta! O suíço revelou que só acreditou na vitória após entrar no km final, mas a verdade é que ele trabalhou muito bem para erguer os braços no final.

Hoje temos a primeira etapa de alta montanha desta semana, com 191km a ligar Châtel – Guyon e Puy Mary, com final numa primeira categoria. A etapa irá começar com cerca de 25km propícios a ataques, quer em plano, quer em subida, e o jogo pela fuga do dia deverá ser elevado. Veremos também como reagirá a Jumbo, se irá pela etapa, para mostrar a força de Roglic, ou se vai deixar a escapada triunfar.

Após a primeira meia hora os ciclistas entrarão na primeira subida do dia, uma primeira categoria com 10.2km a 6,1%, o Col de Ceyssat, ao km 36. Seguir-se-á a descida, e os ciclistas rapidamente voltam a entrar numa outra subida, desta vez uma terceira categoria com 7.8km a 5%, o Col de Guery, ao km 63.5. Nova descida irá suceder, e os ciclistas entrarão na primeira segunda categoria do dia, o Montée de la Stèle, com 6.8km a 5.7%, e o seu topo ao km 85.5.

Teremos depois um período mais calmo, com cerca de 40km maioritariamente em descida ou em fase plana, com o sprint intermédio pelo meio, ao km 111 em Lanobre. Descanso feito, teremos nova zona de subidas, em constante sobe e desce, com o Côte de l’Estiade, de categoria três, com 3.7km a 6.9%, e o seu topo ao km 130.5. A contagem seguinte é apenas cruzada ao km 157, o Côte d’Anglards-de-Salers, uma terceira categoria com 3.5km a 6.9%, mas o percurso continuará a ser propício para romper as pernas do pelotão. Os ciclistas seguirão depois em direção ao Col de Neronne, uma segunda categoria com direito a sprint bonificado ao km 180.5, que apresenta 3.8km a 9.1% de pendente média, para rapidamente descerem durante 6km e entraram na subida final a Puy Mary, uma primeira categoria com 5.4km a 8.1%, mas com os últimos 3km a apresentarem 11.5% de pendente média, um final de subida que até se poderá assemelhar ao Col de Marie Blanque, ultrapassado na etapa 9 desta edição do Tour de France!

Perfil da Décima Terceira Etapa
Altimetria dos 15kms finais

Analisado o perfil e olhando ao que foi o decorrer das últimas etapas deste Tour de France, Primoz Roglic (Jumbo – Visma) é o principal favorito, e tem aqui uma subida que lhe pode permitir roubar alguns segundos mais aos restantes adversários, e onde a sua explosão poderá ser uma arma muito importante! Como candidatos a baterem o camisola amarela no dia de hoje, temos o seu compatriota Tadej Pogacar (UAE Team Emirates), que é definitivamente quem lhe tem dado melhor resposta em todas as etapas de montanha já disputadas, assim como Egan Bernal (Team INEOS), que se apresentou muito bem na etapa do Col de Marie Blanque. Atenção também a Mikel Landa (Bahrain – McLaren) e a Rigoberto Uran (EF Pro Cycling), que parecem em subida de forma, e podem sem dúvida ser dois ciclistas a temer no dia de hoje, assim como Nairo Quintana (Team Arkea – Samsic), ele que costuma crescer quando o pelotão se aproxima e entra nos Alpes.

Caso a fuga possa vingar, Julian Alaphilippe (Deceuninck – QuickStep) e Daniel Martin (Israel Start-Up Nation) podem intrometer-se e discutir uma etapa que vai de encontro às suas caraterísticas, quer pelo final, quer por toda a dureza que apresenta!

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Primoz Roglic
⭐⭐⭐⭐ Tadej Pogacar e Egan Bernal
⭐⭐⭐ Mikel Landa, Rigoberto Uran e Nairo Quintana
⭐⭐ Romain Bardet, Guillaume Martin, Richie Porte e Miguel Angel Lopez
⭐ Adam Yates, Bauke Mollema, Enric Mas, Julian Alaphilippe e Daniel Martin

Podes acompanhar a etapa na íntegra na Eurosport, ou então na RTP2, a partir das 14h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock