O primeiro teste – TdF20 S2

Passou um caótico primeiro dia de Tour de France, um dia que colocou muita gente no chão, e que viu muitos ciclistas ficarem bem marcados devido à chuva que apareceu e dificultou a corrida de toda a gente. Depois de John Degenkolb (Lotto Soudal) ter chegado fora do controlo no dia de ontem devido a queda, também o seu colega de equipa Philippe Gilbert não irá partir hoje devido a uma fratura na rótula, assim como o espanhol Rafael Valls (Bahrain – McLaren) com uma fratura no fémur direito.

173 ciclistas irão então arrancar para esta segunda etapa do Tour de France, um dia de montanha logo no primeiro domingo, o que não é de todo habitual na prova francesa, mas que nos agrada. No menu temos 4 subidas que prometem fazer diferenças no final. Começamos com o Col de la Calmiane, com o seu topo ao km63.5 e 16.3km a 6.3% de pendente média, uma primeira categoria que é muito constante e que encaixará perfeitamente no perfil daqueles ciclistas que gostam de subir a ritmo. Feita a descida, entraremos logo no Col de Turini, com o seu topo ao km99.5, e 14.9km a 7.4% de pendente média, uma primeira categoria diferente da anterior, com vários kms acima dos 10% ou perto disso e outros com pendentes mais baixas, encaixando muito melhor para quem gosta de subidas aos repelões.

A descida do Col de Turini será depois longa, e teremos também ainda alguns kms em falso plano descendente, antes de entrarmos no Col d’Eze, com o seu topo ao km153, e 7.8km a 6.1%, uma segunda categoria difícil depois de todo acumulado nas anteriores, mas também sem pendentes elevadas, e que poderá ser ideal para quem gosta de subir a ritmo. Nova descida e alguns kms planos depois os ciclistas voltam a entrar no Col d’Eze, mas apenas para subir até ao Col des Quatre Chemins, o ponto aos 5.1km do Col d’Eze, que irá contar como um sprint bonificado, dando 8, 5 e 2 segundos de bonificação aos 3 primeiros ciclistas que por lá passarem. Depois disso, descer-se-á até ao final em Nice, onde se irá discutir a vitória de etapa, ao km186.

Perfil da Segunda Etapa

Ainda sem sabermos o atual estado de forma de todos os candidatos, analisando o nome presente na Startlist, retiramos um como o principal favorito, Primoz Roglic. O esloveno assume sentir-se melhor a cada dia e tem uma boa ponta final que lhe poderá permitir discutir a vitória na etapa de hoje. Julian Alaphilippe é outro dos candidatos, já que é dono também de uma ponta final capaz de lhe dar a vitória, e as duas subidas finais não parecem de todo obstáculo às suas caraterísticas, Também Sergio Higuita poderá ser um nome na contenda, e a EF Pro Cycling é bem capaz de lhe dar liberdade neste primeiro dia.

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Primoz Roglic
⭐⭐⭐⭐ Julian Alaphilippe e Sergio Higuita
⭐⭐⭐ Thibaut Pinot, Egan Bernal e Daniel Martinez
⭐⭐ Tadej Pogacar, Miguel Angel Lopez, Guillaume Martin e Nairo Quintana
⭐ Emanuel Buchmann, Mikel Landa, Richard Carapaz, Wout van Aert e Tom Dumoulin

Poderás acompanhar a etapa na íntegra em direto na Eurosport, ou então a partir das 15h na RTP2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock