Hora de acertar as contas com o muro de Valdepeñas!

A etapa 11 da La Vuelta a España traz uma curta jornada de 133.6 km, entre Antequera e Valdepeñas de Jaén, na região da Andaluzia. O perfil não será dos mais complicados, mas apresentará ainda assim a típica rugosidade das estradas espanholas, tornando-se cada vez mais difícil com o passar dos quilómetros.

Dentro dos 15 km finais, os corredores encontram uma subida de 2ª categoria para Puerto de Locubin (8.8 km a 5%), cujo topo distará cerca de 8 km da meta. A fase final será em descida, até ao quilómetro final, onde estará um autêntico muro, com 800 metros a 10% e zonas a atingirem os 20%!

Perfil da etapa 11 da La Vuelta

Favoritos

Na etapa de ontem, a fuga voltou a sair triunfante, com diversas formações, em particular a BikeExchange, a optarem por lançar homens na frente em vez de lutarem por um eventual sprint. A subida final acabou mesmo por ser atacada pelos favoritos, pelo que não haveria, de facto, espaço para ciclistas como Michael Matthews discutirem a vitória.

Se ontem a Bike Exchange não perseguiu, hoje também não o deverá fazer, e não é fácil de imaginar quem possa ter esse intuito. Mesmo com a curta extensão da etapa, se uma fuga forte sair, será um desgaste muito grande para uma só equipa controlar a tirada. A Jumbo-Visma estará algo aliviada por ter voltado a “emprestar” a sua camisola vermelha à Intermarché-Wanty-Gobert, sendo que ambas as equipas verão com bons olhos um dia tranquilo para o grupo principal.

Claro que tudo isto significará uma luta tremenda pela fuga nos primeiros quilómetros, o que pode atrasar a formação da mesma, algo que poderá ser irremediável numa etapa tão curta. No entanto, a partir do momento em que a fuga saia, deverá haver espaço para se acumularem alguns minutos entre os grupos.

Assim, o cenário mais provável é mesmo a fuga voltar a disputar entre si as honras da etapa. E como grande favorito vamos apontar para Wout Poels, da Bahrain-Victorious. O neerlandês tem estado em bom plano nas montanhas, integrando fugas e apoiando a equipa na geral, e terá assuntos inacabados com esta subida. Há 10 anos atrás, na etapa 5 da Vuelta, foi 2º, atrás de um tal de Joaquim “Purito” Rodriguez!

Entre outros fortes candidatos a integrar a fuga e triunfar a partir dela refiram-se: Andrea Bagioli, Rafal Majka, Romain Bardet, Richard Carapaz, Damiano Caruso, Michael Storer, Mark Padun, Jhonatan Narvaez, Ion Izagirre, Mauri Vansevenant, Clement Champoussin, Andreas Kron, ou mesmo Michael Matthews, que poderá ter estado em alguma poupança para o dia de hoje, seja para integrar a fuga ou para tentar um eventual triunfo em pelotão.

No caso de ser o grupo principal a discutir a vitória, o incontornável Primoz Roglic será o grande favorito, à frente de nomes como Enric Mas, Miguel Angel Lopez, ou Adam Yates, além dos já referidos Matthews, Bagioli, e Poels.

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Wout Poels
⭐⭐⭐⭐ Andrea Bagioli e Rafal Majka
⭐⭐⭐ Romain Bardet, Richard Carapaz, e Damiano Caruso
⭐⭐ Michael Storer, Mark Padun, Jhonatan Narvaez, e Ion Izagirre
⭐ Mauri Vansevenant, Clement Champoussin, Andreas Kron, Michael Matthews, Primoz Roglic, Enric Mas, Miguel Angel Lopez, e Adam Yates

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock