Hoje há Tour! Crono nas ruas de Copenhaga para abrir as hostilidades!

Arranca hoje a 109ª edição do Tour de France, a maior competição velocipédica do planeta! Este ano, a Grand Départ ocorre na Dinamarca, com um contrarrelógio individual de 13.2km, disputado nas ruas da capital Copenhaga.

O perfil da jornada será completamente plano, no entanto, o percurso será bastante técnico, com diversas curvas a condicionarem o desempenho dos ciclistas. Um dos fatores que poderá também influenciar a corrida será a chuva, que se prevê vir a intensificar-se ao longo da tarde, o que pode prejudicar aqueles que partirem mais tarde.

Perfil do contrarrelógio da etapa 1 da Volta a França
Mapa da etapa 1

Os Favoritos

O grande favorito para este primeiro dia é, obrigatoriamente, o campeão do mundo da especialidade, Filippo Ganna. O italiano da INEOS Grenadiers tem este dia apontado como um dos grandes objetivos da temporada e tudo o que não seja uma vitória será considerado um resultado negativo. Nesta época, Ganna realizou 6 contrarrelógios e venceu 5, incluindo o título nacional transalpino, há pouco mais de uma semana. O estatuto do Ferrari de Verbania impede que se aposte contra ele em qualquer tipo de contrarrelógio plano.

A única derrota de Ganna em 2022 aconteceu no UAE Tour, em fevereiro, num crono de 9 km, para aquele que poderá novamente ser o grande perigo para o italiano. Falamos de Stefan Bissegger, ciclista suíço da EF Education EasyPost, um corredor que gosta de arriscar e que poderá tirar partido das condições do clima e do piso. Note-se que Bissegger será dos primeiros a partir, bem antes de Ganna e Van Aert, o que lhe pode dar vantagem, se existirem alterações drásticas em termos de pluviosidade.

O terceiro grande favorito é, claro, Wout Van Aert, da Jumbo-Visma. Em condições normais, o King Kong seria o segundo ou até mesmo primeiro desta lista, mas após a alegada lesão no joelho é ainda uma incógnita se estará a 100% para o arranque do Tour. Refira-se que WVA é um corredor com responsabilidades acrescidas em termos de equipa, pelo que deverá arriscar menos do que homens como Ganna e Bissegger.

De seguida, refira-se outro portento da especialidade e o quarto cavaleiro para este dia: Stefan “King” Küng, da Groupama-FDJ, alguém que terá também grandes objetivos para este arranque de Tour. O campeão europeu ainda não venceu qualquer crono nesta temporada e terá hoje uma bela oportunidade para quebrar o enguiço.

Entre os melhores deverá estar também Mathieu Van der Poel, da Alpecin-Fenix, novamente alguém que vem com foco claro neste primeiro dia, mas também que quererá manter-se em contacto com as primeiras posições, de modo a poder atacar a amarela nos próximos dias.

De seguida, refiram-se os vários homens da geral que podem estar em destaque neste dia, começando pelo “Mr. Tour” Tadej Pogacar, e passando pelos seus rivais da Jumbo-Visma, Primoz Roglic e Jonas Vingegaard, e também da INEOS Grenadiers, em particular Geraint Thomas. O galês da INEOS Grenadiers parte relativamente cedo, o que o pode favorecer face à concorrência, até porque se trata de cum ciclista que costuma sofrer bastante em pisos técnicos e molhados.

Será importante manter também debaixo de olho os homens da Quick-Step, em particular Mattia Cattaneo, que pode aqui colocar algum tempo para alguns rivais em termos de geral, mas também Kasper Asgreen e Yves Lampaert.

Neste dia, que pode acabar por ser uma lotaria, importa ainda ter em conta nomes como Mads Pedersen, Luke Durbridge, Mikkel Bjerg, Magnus Cort, Jan Tratnik, Daniel Martinez, Aleksandr Vlasov, Bauke Mollema, Alberto Bettiol, e ainda Nelson Oliveira, embora este seja um percurso demasiado técnico e algo curto, o que não favorece o português.

Os primeiros ciclistas irão arrancar por volta das 15h, hora de Portugal Continental, com Ruben Guerreiro a partir por volta das 15h51 e Nelson Oliveira por volta das 15h59, ambos portanto ainda dentro da primeira metade de corredores.

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Filippo Ganna
⭐⭐⭐⭐ Stefan Bissegger e Wout Van Aert
⭐⭐⭐ Stefan Küng, Mathieu Van der Poel, e Tadej Pogacar
⭐⭐ Primoz Roglic, Jonas Vingegaard, Geraint Thomas, e Mattia Cattaneo
⭐ Kasper Asgreen, Yves Lampaert, Mads Pedersen, Luke Durbridge, Mikkel Bjerg, Magnus Cort, Jan Tratnik, Daniel Martinez, Aleksandr Vlasov, Bauke Mollema, Alberto Bettiol, e Nelson Oliveira

Presença Portuguesa

Nelson Oliveira (Movistar), com o dorsal #66, e Ruben Guerreiro (EF Education – EasyPost), com o dorsal #142 são os portugueses presentes.

Transmissão em Direto

Podes acompanhar a etapa em direto na Eurosport 1, a partir das 14h30!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock