Fuga 1 – Pelotão 1. Quem ganha o desempate?

A 16ª etapa da Volta a Espanha traz uma ligação de 162 km entre Salamanca e Ciudad Rodrigo, no 3º dia seguido de média montanha. No geral, será mais um dia difícil, com muito sobe e desce, apenas com duas subidas categorizadas, mas que serão de 2ª e de 1ª categoria, esta última o Puerto El Robledo (11.8 km a 3.9%), colocado a 35 km da meta.

Perfil da 16ª etapa da Volta a Espanha

Tal como nos dois dias anteriores, esta poderá ser novamente uma jornada de luta entre fuga e pelotão. Nas últimas duas etapas, tivemos primeiro uma fuga a triunfar e depois o pelotão a discutir a tirada, quando se esperaria que fosse ao contrário, pelo que neste terceiro dia é difícil de prever qual o desfecho da jornada.

Depois do que aconteceu nos últimos dias e perante mais um perfil do mesmo género, muitas equipas devem acreditar que será possível controlar a corrida e preparar um final mais ou menos compacto. O sucesso da fuga vai depender do tipo de equipas envolvidas na movimentação e nos interesses no pelotão. Se ontem a Astana enviou Alex Aranburu e Luis Leon Sanchez para a frente, acreditamos que hoje possa ser a vez de Omar Fraile ter a sua chance, e o espanhol será um forte candidato a triunfar se marcar presença na fuga.

Os habituais atacantes desta Volta a Espanha compõem o resto do lote de favoritos: Rui Costa, Tim Wellens, Zdenek Stybar, Alex Aranburu, Dorian Godon, Jose Joaquin Rojas, Michael Valgren, Ivo Oliveira, Nelson Oliveira, Marc Soler, Luis Leon Sanchez.

No caso de existir um sprint como na etapa de ontem, Sam Bennett não deverá conseguir estar presente, pelo que Jasper Philipsen e Pascal Ackermann são os maiores candidatos, acompanhados possivelmente por Jannik Steimle, Dion Smith, ou Magnus Cort

No caso de a corrida ser endurecida, e apenas um grupo reduzido chegar ao final, não é de descartar que Primoz Roglic possa tentar a vitória na etapa mais uma vez. Este cenário terá talvez poucas hipóteses de se verificar, uma vez que os corredores preferirão guardar as suas forças para a última etapa de montanha que amanhã irá decidir o vencedor da competição. No entanto, para aqueles que estão mais longe na geral poderá ser aconselhável tentar recuperar algum tempo já hoje!

Favoritos Ciclismo Mundial:

⭐⭐⭐⭐⭐ Omar Fraile

⭐⭐⭐⭐ Rui Costa e Tim Wellens

⭐⭐⭐ Zdenek Stybar, Alex Aranburu, Dorian Godon, e Jose Joaquin Rojas,

⭐⭐ Michael Valgren, Ivo Oliveira, Nelson Oliveira, Marc Soler, e Luis Leon Sanchez

⭐ Jasper Philipsen, Pascal Ackermann, Jannik Steimle, Dion Smith, Magnus Cort, e Primoz Roglic

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock