Flandres, o último Monumento do Ano!

Dia de Ronde van Vlaanderen, ou Tour de Flandres, como é cá conhecido em Portugal, um dos monumentos mais bonitos do ano, em que os ciclistas percorrem as estradas belgas, passando por várias zonas de empedrado e vários muros, que irão selecionar a corrida e permitir que os homens mais fortes do pelotão possam atacar e dar espetáculo, ainda que este ano sem público para animar ainda mais a corrida, devido ao covid-19.

A prova masculina apresenta uma ligação de 243.3km entre a Antuérpia e Oudenaarde. A presença de muros e setores de pavê será uma constante, especialmente na segunda metade da prova, onde irão surgir em força. As subidas já míticas ao Oude Kwaremont e ao Paterberg irão ser ultrapassadas várias vezes e farão certamente a decisão da corrida.

Perfil da Prova Masculina

De entre os candidatos à vitória no último Monumento de 2020 os nomes de Wout van Aert e Mathieu van der Poel são os que mais expectativa suscitam nos adeptos de ciclismo e aqueles que à partida estarão na discussão da corrida, se não se marcarem em demasia como fizeram na Gent – Wevelgem. Alberto Bettiol, vencedor em 2019, é mais um nome a ter em conta, ele que parece estar de novo num excelente momento, e que é capaz de tal como em 2019 fazer a diferença nos vários muros belgas. Mads Pedersen e Oliver Naesen não podem ser deixados de parte, já que são também ciclistas muito capazes neste tipo de corridas, mas também Stefan Kung deverá ter uma palavra a dizer, ele que aos poucos se está a aproximar das características da lenda suíça Fabian Cancellara. Os franceses depositam também esperanças em Julian Alaphilippe, ele que se estreia neste Monumento, mas a corrida não será fácil para o campeão do Mundo. A diferença corporal poderá também ser decisiva, e mesmo o francês sendo capaz de passar bem os muros pode acabar por ceder no pavê, onde os homens um pouco mais pesados devem ter vantagem.

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Wout van Aert
⭐⭐⭐⭐ Mathieu van der Poel e Alberto Bettiol
⭐⭐⭐ Oliver Naesen, Mads Pedersen e Stefan Kung
⭐⭐ Florian Senechal, Matteo Trentin, Soren Kragh Andersen e Jasper Stuyven
⭐ Julian Alaphilippe, John Degenkolb, Kasper Asgreen, Yves Lampaert e Michal Kwiatkowski

Na prova feminina, a distância será de apenas 135.6km, com partida e chegada em Oudenaarde. A corrida espera-se rápida e sempre a grande ritmo, com vários ataques e acelerações a surgirem ao longo de toda a prova. Tal como na corrida masculina, a decisão deverá ficar para os dois muros finais, o Oude Kwaremont e o Paterberg, onde os ataques e acelerações das principais favoritas deverão acontecer.

Perfil da Prova Feminina

A luta espera-se que seja uma vez mais entre Anna van der Breggen e Annemiek van Vleuten, com Breggen a ser a holandesa em melhor forma, e Vleuten ainda a recuperar de uma fratura no braço. Cecilie Uttrup Ludwig deverá ser uma ciclista a ter em conta no dia de hoje, ela que no ano passado esteve em grande e fechou no pódio. Lizzie Deignan irá ser a principal carta da Trek numa equipa fortíssima com Elisa Longo Borghini e Ellen van Dijk ao serviço da britânica. Lotte Kopecky e Demi Vollering são as apostas de Lotto – Soudal e Parkhotel Valkenburg, e são ciclistas que deverão estar na luta por lugares importantes nas principais movimentações do dia. Da Sunweb, Coryn Rivera parte com o dorsal 1, mas Floortje Mackaij segue com o símbolo de WildCard do Ciclismo Mundial para fechar entre as primeiras posições.

Favoritas Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Anna van der Breggen
⭐⭐⭐⭐ Annemiek van Vleuten e Cecilie Uttrup Ludwig
⭐⭐⭐ Lizzie Deignan, Lotte Kopecky e Demi Vollering
⭐⭐ Elisa Longo Borghini, Chantal Blaak, Lisa Brennauer e Grace Brown
⭐ Floortje Mackaij, Ellen van Dijk, Jolien d’Hoore, Ashleigh Moolman – Pasio e Elena Cecchini

Podes acompanhar ambas as provas em direto na Eurosport 1!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock