De Estónia à procura da história!

O Giro d’Italia prossegue hoje com a sua primeira jornada de alta montanha na quarta etapa da competição, onde os grandes favoritos à geral irão ter o primeiro grande teste com a subida ao Etna. É esperado que homens como Richard Carapaz (Ineos Grenadiers), Simon Yates (BikeExchange – Jayco) ou João Almeida (UAE Team Emirates) possam ter aqui o primeiro duelo pela Maglia Rosa, e quiçá até começar já a colocar alguma da concorrência em xeque. Ainda assim, o dia promete que seja a fuga a poder triunfar novamente, tal como na edição de 2020 aconteceu, já que ninguém deverá querer assumir a liderança da geral com ainda 17 etapas pela frente, para não colocar a sua equipa em dificuldades na terceira semana.

Perfil

Serão no total 172km entre Avola e o topo do Etna, com o final numa contagem de primeira categoria. Os primeiros 55km da etapa contarão também com bastante subida, mas nenhuma categorizada. Para animar a aproximação à meta, os dois sprints intermédios do dia estarão colocados a 35.5km e a 23.9km do fim, junto à entrada para a subida final ao Etna. A subida ao vulcão siciliano terá 22.8km com 5.9% de pendente média, com a rampa mais dura, a 14%, a surgir ao km 14 de sebida.

Perfil da quarta etapa do Giro d’Italia

Favoritos

Acreditando que a fuga irá vingar e sabendo de antemão a sua constituição, acreditamos que o estónio Rein Taaramae tem aqui uma excelente oportunidade de vencer pela segunda vez uma etapa na corrida italiana. A Intermarche – Wanty – Gobert está a fazer uma temporada soberba e a mostrar-se a um nível fantástico! Taaramae está motivado pela Vuelta 2021 e também pelos resultados dos seus colegas de equipa, pelo que terá aqui hipótese de conquistar um grande triunfo e embalar a equipa para um grande Giro!

Como principal adversário, Taaramae terá um Lennard Kamna (Bora – Hansgrohe) sedento de vitórias, que quererá aproveitar a oportunidade para chegar finalmente ao seu primeiro triunfo de etapa no Giro, depois de ter ficado muito próximo tanto na primeira como na segunda etapa da corrida. O irrevente Remi Rochas (Cofidis) chega também muito motivado, e quererá também ele certamente chegar ao primeiro triunfo em grandes voltas.

Num outro perfil, Mauri Vansevenant (Quick-Step Alpha Vinyl) é também um dos candidatos, e ainda mais se a corrida chegar à meta num grupo reduzido, mas Kamna não lhe deverá facilitar a tarefa. Valerio Conti (Astana Qazaqstan Team) conta também com muita experiência e poderá aproveitá-la no dia de hoje para conseguir o seu primeiro triunfo a correr em casa. Gijs Leemreize (Jumbo – Visma) é um jovem cheio de talento, que na temporada passada brilhou na Ronde d’Isard e no Tour de l’Avenir! Não será surpresa vê-lo discutir a etapa e quiçá a vitória possa ser o mote para assumir um papel importantíssimo na formação neerlandesa para o Giro e outras importantes corridas.

Entre os candidatos à geral, Richard Carapaz, João Almeida e Simon Yates serão os nomes com maior marcação dentro do pelotão, mas não podemos descartar Romain Bardet (Team DSM), Pello Bilbao e Mikel Landa (Bahrain Victorious), Wilco Kelderman (Bora – Hansgrohe), Guillaume Martin (Cofidis) ou Tobias Foss (Jumbo – Visma). Todos eles deverão querer mexer na corrida, e poderão ter liberdade para o fazer, ainda mais alguém como Martin, que já se apresenta a 1:04 de van der Poel na geral.

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Rein Taaramae
⭐⭐⭐⭐ Lennard Kamna e Remi Rochas
⭐⭐⭐ Mauri Vansevenant, Valerio Conti e Gijs Leemreize
⭐⭐ Richard Carapaz, João Almeida, Simon Yates e Romain Bardet
⭐ Pello Bilbao, Mikel Landa, Wilco Kelderman, Guillaume Martin e Tobias Foss

Presença Portuguesa

João Almeida, Rui Oliveira e Rui Costa são os três portugueses presentes, todos pela UAE Team Emirates, com os dorsais 211, 212 e 213, respetivamente.

Transmissão em Direto

Podes acompanhar a etapa em direto na Eurosport 1 a partir das 11h30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock