A fúria do besouro!

A etapa 18 da La Vuelta a España consiste numa ligação de 162.6 km, com partida em Salas e chegada no Altu d’El Gamoniteiru. O dia ficará marcado por quatro contagens de montanha, começando pela 1ª categoria para Puerto de San Llaurienzu (10 km a 8.5%), seguindo-se outra 1ª categoria para Altu de la Cobertoria (7.9 km a 8.7%) e depois uma 2ª categoria para Altu la Segá o del Cordal (8.3 km a 5.7%) que irá anteceder a ascensão final, a categoria especial do Gamoniteiru (14.6 km a 9.8%)!

Perfil da etapa 18 da La Vuelta

Favoritos

Esta será a penúltima jornada de montanha da prova e a última de verdadeira alta montanha, pelo que hoje será um dia para gastar o depósito e colocar em jogo qualquer trunfo que esteja ainda na manga.

Isto significa que dificilmente a fuga terá margem para alcançar a vitória, pelo que, tal como no dia de ontem, o cenário mais provável será uma discussão entre os favoritos na subida final. Até poderão haver algumas equipa com ideias de atacar de longe, mas depois do amasso que Primoz Roglic deu na concorrência na jornada de ontem, a tarefa de recuperar mais de 2 minutos para o esloveno parece demasiado remota, pelo que a estratégia de muitas formações estará virada para as lutas pelas posições dentro do top 10. Mais um fator que aponta para a forte possibilidade de a etapa apenas ser decidida na subida final.

Dito isto, é impossível de não colocar Primoz Roglic como grande candidato à vitória nesta etapa, sendo que o Besouro de Trbovlje irá estar vermelho, tanto no seu equipamento, como na sua motivação e ganas para alcançar o quarto triunfo em etapas nesta edição! Claro que o líder da Jumbo-Visma apenas necessita de controlar as distâncias para a concorrência e não deverá marcar todas as movimentações, no entanto, se um grupo restrito estiver na discussão perto do final, Rogla irá com certeza seguir qualquer ataque e desferir uma letal ferroada no momento certo.

O grande opositor do esloveno poderá muito bem ser Egan Bernal, da Ineos Grenadiers, que ontem mostrou a sua raça com um ataque de longe, embora depois quebrando face a Rogla. Agora que a corrida está praticamente arrumada, Bernal poderá ter uma margem maior para concretizar o seu ataque.

Apesar de a Jumbo não apresentar a equipa demolidora de outras grandes voltas, Roglic tem um trunfo bem importante, chamado Sepp Kuss. O norte-americano tem mostrado que tem capacidade para seguir a maioria dos ataques, e se a situação estiver controlada por parte da formação neerlandesa perto do final, deverá ter toda a liberdade para atacar a vitória na etapa.

No rol de favoritos seguem-se os dois ases da Movistar, Miguel Ángel López e Enric Mas, e depois Jack Haig (Bahrain), Adam Yates (Ineos), Gino Mäder (Bahrain), Louis Meintjes (Intermarché), e David de la Cruz (Emirates).

Na eventualidade de ser a fuga a discutir a vitória, refiram-se como possíveis vencedores Wout Poels, Steven Kruijswijk, Rafal Majka, Romain Bardet, Damiano Caruso, Jan Hirt, Clement Champoussin, além dos já referidos Meintjes e De la Cruz.

Favoritos Ciclismo Mundial

⭐⭐⭐⭐⭐ Primoz Roglic
⭐⭐⭐⭐ Egan Bernal e Sepp Kuss
⭐⭐⭐ Miguel Angel Lopez, Enric Mas e Jack Haig
⭐⭐ Adam Yates, Gino Mäder, Louis Meintjes e David de la Cruz
⭐ Wout Poels, Steven Kruijswijk, Rafal Majka, Romain Bardet, Damiano Caruso, Jan Hirt e Clement Champoussin

Presença Portuguesa

Nelson Oliveira (Movistar) e Rui Oliveira (UAE Team Emirates) são os representantes portugueses, e estarão à partida com os dorsais #175 e #226, respetivamente.

Transmissão em Direto

A corrida contará com transmissão na Eurosport 1, a partir das 11h30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock