Wout van Aert com a seta apontada aos Mundiais vai defender a vitória na Strade Bianche!

O belga Wout van Aert, ciclista da Jumbo – Visma, vai amanhã estrear a sua temporada de estrada em 2021, e logo para defender uma das corridas que venceu em 2020, a Strade Bianche! Em agosto de 2020, o belga apareceu com tudo no recomeço do calendário pós-Covid e só em Itália limpou por completo as principais corridas, com a vitória na Strade Bianche e na Milano Sanremo.

Para 2021, van Aert planeia os três momentos mais importantes da temporada como as clássicas da Primavera, o Tour de France, e os Mundiais, que este ano serão na Flandres, e por isso o próprio estará a competir em casa. Van Aert quer estar na máxima forma nos três momentos, mas já revelou que se tivesse de optar apenas por um, esse seria o Campeonato do Mundo na Flandres.

Depois dos Mundiais de Ciclocrosse, onde o duelo com Mathieu van der Poel voltou a ser intenso, van Aert tirou uma semana de férias, mas a preparação não parou por muito tempo e na semana após essa já estava em Tenerife num estágio de altitude com a Jumbo – Visma, para preparar a temporada de 2021.

O belga acabou por falhar o fim de semana de abertura das Clássicas, aproveitando assim para se preparar para as principais corridas, enquanto estagiava em altitude, e se manter fresco para poder disputar os principais objetivos na máxima força. Van Aert já terminou a Strade Bianche por três vezes no pódio, em outras tantas participações, e é precisamente esse o seu primeiro objetivo da época, numa corrida onde não esconde o seu favoritismo. Após a Strade, seguir-se-á a defesa da Milano – Sanremo, e depois as Clássicas do Norte, onde planeia vencer mais um Monumento!

Van Aert continua cada vez mais a desafiar os seus limites, e a medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio não está fora de miragem, porém, e sendo a corrida de fundo um percurso duro, e estando ele obrigado a estar presente no Tour de France, a melhor oportunidade que terá será no Contrarrelógio, prova em que foi segundo classificado nos últimos Mundiais. Van Aert quer fazer em 2021 pelo menos tão bem como em 2020, e colocou o desafio de encontrar os seus próprios limites como uma das grandes metas.

O que poderá parar o belga?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Dan Bigham vai tentar bater o Recorde da Hora, mas as regras não o permitem bater o recorde de Campenaerts!

Dan Bigham anunciou que irá assumir uma tentativa de bater o Recorde de Hora, ao tentar reclamar o título britânico actualmente detido por Sir Bradley Wiggins. O especialista em contrarrelógio e corredor da equipa Ribble-Weldtite Bigham tem vindo a trabalhar especificamente para o recorde mundial da hora, actualmente detido por Victor Campenaerts, e o recorde […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock