Vuelta a Andalucia deverá ser adiada devido à pandemia do Covid-19!

O covid-19 e a sua progressão pela Europa e pelo Mundo continuam a fazer estragos e a obrigar a adaptações no calendário do Ciclismo Mundial. A Vuelta a Andalucia é a mais recente afetada por esta pandemia, e é já quase certo que não poderá ir para a estrada nos próximos dias 17 a 21 de fevereiro, como estava inicialmente previsto.

Joaquin Cuevas, o organizador da corrida, afirmou que a partida da corrida no dia 17 seria muito incerta, devido aos números crescentes de covid-19 em Espanha, que atingem já também máximos históricos, e que por isso mesmo foi obtido um acordo para adiar a corrida para o final de maio, entre os dias 24 a 28, o qual já foi enviado à UCI, e que ainda aguarda resposta.

Com o atual cancelamento ou adiamento de diversas Voltas em fevereiro, as equipas estão a ficar com cada vez menos alternativas para competir no início do ano no que a voltas por etapas diz respeito, podendo desta forma a preparação dos ciclistas para os principais momentos da temporada ficar condicionada.

Com todas estas condicionantes, ficam a restar em fevereiro a Etoile de Besseges e a Volta a la Comunitat Valenciana, que se irão correr entre os dias 3 e 7, ambas disputadas em simultâneo. O Tour de Provence irá sair para a estrada entre os dias 11 a 14, o Tour du Var entre os dias 19 e 21, e por fim o UAE Tour entre os dias 21 e 27, para fechar o conjunto de 5 voltas por etapas do mês.

Entre as canceladas/adiadas, para além da Vuelta a Andalucia, estão a nossa Volta ao Algarve, o Tour Colombia, o Saudi Tour, e o Tour of Oman, metade daquelas que seriam para correr nas próximas semanas. Até que ponto esta ausência irá afetar o trabalho das equipas para os principais objetivos da temporada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock