Revelados os perfis das etapas da Volta a Portugal “Edição Especial”!

Foram oficialmente revelados os perfis e as 9 etapas que irão compor a Volta a Portugal Edição Especial, a correr-se de 27 de setembro a 5 de outubro próximos! Tal como o Ciclismo Mundial já tinha avançado a 20 de agosto, todas as etapas que tínhamos anunciado de forma “não oficial”, corresponderam ao anúncio feito hoje pela FPC, apenas com ligeiras diferenças de quilometragem.

Esta edição especial irá começar então em Fafe, com um prólogo de 7km, que apresenta uma pequena subida de cerca de 1km na sua segunda metade, que certamente irá ser capaz de provocar diferenças e criar dificuldades aos principais roladores, que daqui poderiam pensar sair de amarelo.

Perfil Prologo

A primeira etapa em linha será também a mais longa de todas, com 180km, ligando Montalegre a Viana do Castelo (sim, uma das cidades que havia recusado receber a Volta a Portugal por falta de condições de segurança sanitária!), num perfil de média montanha, e final no Alto de Sta. Luzia, numa colina onde se podem ganhar alguns segundos importantes na luta pela camisola amarela.

Perfil Etapa 1

A segunda etapa irá ligar Paredes ao Monte Farinha, o Alto da Senhora da Graça, numa extensão de 167km, tal como já havia sido anunciado no final dos campeonatos nacionais, disputados na cidade que irá receber a partida desta mesma etapa. Será a primeira etapa de alta montanha, contando com 3 contagens de primeira categoria, a última da quais a coincidir com a chegada!

Perfil Etapa 2

Na terceira etapa, iremos ter um perfil em constante sobe e desce, a ligar Felgueiras a Viseu, num dia de média montanha, que parece propício a ver uma fuga vingar, já que estará entre duas etapas de alto calibre para a discussão da classificação geral! Viseu é outra das cidades que havia recusado receber uma etapa da Volta e que aqui está representada em mais um final. Curioso certo?

Perfil Etapa 3

Entraremos em outubro, com a etapa rainha desta Edição Especial, e dias subidas acima dos 1400m de altitude. Serão 148km a ligar a Guarda à Torre, com passagem ainda pelas Penhas Douradas a meio da tirada. Será um dos principais dias para a discussão da classificação geral, e que nos deverá trazer um grande espetáculo de ciclismo!

Perfil Etapa 4

A 2 de outubro teremos uma ligação entre Oliveira do Hospital e Águeda, com 176.3km a serem percorridos num percurso quase todo ele plano, que nos deverá trazer um final para sprinters, ainda que os 2km finais sejam numa zona de falso plano a cerca de 2% de pendente.

Perfil Etapa 5

A sexta etapa é mais uma que apresenta um perfil praticamente plano, ligando Caldas da Rainha a Torres Vedras, naquela que deverá muito bem ser a segunda e última chegada para sprinters desta edição especial, numa tirada com 155km de extensão.

Perfil Etapa 6

A etapa 7, a última etapa em linha, irá ligar Loures a Setúbal, num percurso com 161km e com o Alto da Arrábida a poder fazer diferenças na fase final da corrida. Da última vez que os ciclistas ali passaram foi uma subida muito atacada, e este ano pode muito bem acontecer o mesmo, ou até vingar uma fuga, caso os principais candidatos queiram poupar algumas forças para o contrarrelógio final.

Perfil Etapa 7

A última etapa será disputada a 5 de outubro, dia de feriado nacional, a uma segunda, com um contrarrelógio individual a ligar Ribeira das Naus à Praça do Comércio, em 17.7km, num percurso que apresenta uma fase em subida com cerca de 2,5km e bastante da sua restante extensão em terreno plano. Será o dia das grandes decisões, num palco que já não estranha receber o final da Volta a Portugal!

Perfil Etapa 8 – Contrarrelógio

Será uma Volta a Portugal com 2 dias a menos que o habitual, mas que poderá muito bem trazer cá algumas equipas internacionais que queiram preparar a Vuelta a España, já que o percurso é convidativo a isso mesmo! A Movistar é um dos nomes que se fala poder estar presente, e seria muito bom se com o conjunto espanhol pudéssemos contar em terras nacionais!

Podes ler também o artigo que lançamos há 3 semanas, a revelar em primeira mão as etapas desta Edição Especial da Volta a Portugal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Dan Bigham vai tentar bater o Recorde da Hora, mas as regras não o permitem bater o recorde de Campenaerts!

Dan Bigham anunciou que irá assumir uma tentativa de bater o Recorde de Hora, ao tentar reclamar o título britânico actualmente detido por Sir Bradley Wiggins. O especialista em contrarrelógio e corredor da equipa Ribble-Weldtite Bigham tem vindo a trabalhar especificamente para o recorde mundial da hora, actualmente detido por Victor Campenaerts, e o recorde […]

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock