#PrayForJakobsen

Terminou de forma horrível a primeira etapa da Volta à Polónia. Uma queda, a mais de 80km/h entre os dois homens que discutiam a vitória, Fabio Jakobsen e Dylan Groenewegen. Os dois holandeses seguiam lado a lado, e Groenewegen acabou por desviar Jakobsen contra as barreiras, com o campeão holandês a sair disparado por cima das mesmas, e a ficar em estado muitíssimo grave.

Comecemos por analisar aquilo que era a chegada. Uma descida, seguindo uma linha férrea, em que os ciclistas poderiam atingir velocidades superiores a 80km/h. Parece louco certo? A juntar a isso, temos um conjunto de vigas colocadas próximas à meta, assim como barreiras que parecem muito frágeis, e incapazes de proteger os ciclistas e o público. Parece-vos sensato Tour de Pologne? Todos os anos se queixam os ciclistas do perigo que esta chegada representa, mas tinha de dar asneira para que pudessem perceber isso?

A chegada deu-se em grande velocidade, a Bora ia lançar o sprint, mas Ackermann ficou sem forças (a esta hora também deve estar a agradecer a sorte que teve em ter ficado sem pernas no dia de hoje). Foi Groenewegen quem assumiu o sprint, e a frente do pelotão, parecendo que mais ninguém tinha forças para o acompanhar. De trás dele surgiu Jakobsen, que pela direita tentou encontrar o seu espaço e passar. Os dois holandeses seguiram junto às barreiras, e quando se sente a ser passado, Groenewegen abre o cotovelo direito, desviando Jakobsen contra as barreiras. O campeão holandês embateu nas mesmas, e voou sobre estas, tal a velocidade a que vinha, e a fragilidade das mesmas, tendo o final sido incrivelmente aparatoso e arrepiante.

Desde logo a preocupação foi por perceber o estado de todos os que caíram, sobretudo de Jakobsen. As informações que saíram a seguir não foram as melhores. Jakobsen atingiu um comissário e um fotógrafo que ali se encontravam, mas ao que parece estão os dois bem. As informações foram saindo e chegando ao Twitter, onde inúmeras pessoas iam lançando também os seus bitaites, tendo sido reportado que Jakobsen teria perdido o capacete durante a queda, e que teria sido induzido em coma e entubado, seguindo depois de helicóptero para o hospital em estado muito graves.

“Jakobsen sofreu um traumatismo crânio-encefálico muito grave, e foi difícil de entubar devido a rotura do paladar. O coração funcionava bem e mantinha a pressão correta”

Médica Chefe de Prova em declarações à imprensa polaca.

As informações foram surgindo também relativamente a outros ciclistas afetados. Groenewegen, quando soube do estado do compatriota teve de ser sedado, devido a um ataque nervoso, enquanto Sarreau teve lesões numa das clavículas e a nível dos ligamentos. Philipsen sofreu apenas alguns arranhões, e à partida deverá alinhar amanhã.

Voltando a quem pior estava, Jakobsen, o mesmo foi no hospital submetido a uma intervenção cirúrgica de urgência, a nível ortopédico na face, zona de nariz e maxilar. Neste momento, o campeão holandês está estável, ainda que em situação grave, e as próximas horas serão fundamentais a nível neurológico. Não existem fraturas cerebrais nem na coluna, mas existem lesões faciais e no crânio, e por enquanto vai ser mantido em coma induzido.

Um dia triste na Polónia, um ano depois da perda de Bjorg Lambrech (de alguma forma até parece que a corrida neste dia está amaldiçoada), o qual não podemos deixar de lamentar, esperando que Jakobsen recupere da melhor forma possível! Ele está estável, e as próximas horas são fundamentais para perceber a sua evolução.

Por outro lado, se Groenewegen deve ser penalizado pelo que fez, também deve ter sido em conta que o ciclista holandês não está bem, certamente já a sentir remorsos pela situação. Foi uma atitude errada com o abrir do cotovelo, mas nunca com o objetivo de colocar em risco de vida um colega de profissão. É TREMENDAMENTE INJUSTO BANIR GROENEWEGEN DO CICLISMO! O castigo deve ser aplicado desportivamente, o próprio Groenewegen já está com a consciência pesada pela situação, e a sofrer com isso. Se estiveres desse lado e fores um dos que escreve nas redes sociais contra Groewenegen, com ou sem tag no mesmo, por favor não o faças mais, pensa com consciência antes de escrever algo sobre a situação, e cuidado com os tags que colocas. É apenas o pedido que vos fazemos nesta situação.

Culpar apenas o Groenewegen, é ilibar a culpa da organização, e até da UCI, por permitir um final nestas condições numa prova World Tour!

#PrayForJakobsen

Update Oficial da QuickStep

Resultados da Etapa, no fundo, o menos importante de hoje…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock